Corpo e Mente
E que os Mestres nos ajudem

E que os Mestres nos ajudem

 
A falta de seriedade comprometendo a credibilidade...
O excesso de oferta de cursos que tentam ensinar pessoas  a se transformarem em “curadores” está passando dos limites aceitáveis. O segmento holístico está sendo “maculado”  por “falsos formadores de opiniões” que indiscriminadamente fabricam “terapeutas” como pães em padarias.
Pessoas que não conseguem realizarem-se profissionalmente entre os segmentos de trabalhos tradicionais, ficam iludidas e induzidas pelas abundantes ofertas de  programas de “cursos alternativos” de fim de semana, prometendo qualificar qualquer pessoa a se tornar um “terapeuta holístico”, com “certificados” e “carteirinhas” de “associações” ou “sindicatos” que não são reconhecidos oficialmente por nenhum órgão da prefeitura, governo ou federação.
Os “orientadores” que mais parecem “animadores de auditório”, não fazem nenhuma triagem prévia para avaliarem os seus “alunos” para no mínimo saberem se estes têm cultura e educação suficiente para compreenderem o que estaria sendo “ensinado”.
Os ensinamentos são passados de uma forma tão automática e superficial que tornam a formação de um “terapeuta holístico” como sendo mais fácil do que fazer um “bolo de fubá”. 
Estas afirmações que faço não são meras suposições ou delírio meu, se trata de fato e verdade comprovadas pessoalmente, pois trabalho em período integral no meio dos segmentos holísticos, metafísicos e espiritualistas e tenho contatos permanentes com pessoas que se “auto-intitulam” terapeutas, e não têm a mínima idéia de quantos órgãos ou sistemas temos em nosso corpo e muito menos sabem a função e atividade que cada um tem.
Já corrigi “pseudoterapeuta” tentando curar uma possível disfunção intestinal de uma pessoa do sexo feminino, sendo que na realidade o problema era de endometriose...
Já surpreendi e “brequei” uma orientação terapêutica dada por uma “senhorinha” com boas intenções que indicava a um seu “paciente” uma terapia que lhe “aumentaria” a pressão arterial; este seu “paciente” demonstrava e efetivamente era “hipertenso”... e “cardiopata”...
Pasmem... Quando a questionei a respeito de suas bases de conhecimentos técnicos patológicos ela simplesmente me respondeu que: Não sou médica, e não entendo nada de medicina, nem quero entender, faço tudo por intuição e orientação de meus “mestres” e tenho certeza que “o que eu cometer de erros” eles corrigem por mim, o que vale é a minha boa intenção de ajudar..., e escute aqui... Sou Reiki Máster... Formada por fulano de tal... e tenho “DIPROMA”.
Esta foi apenas uma, entre várias outras ocorrências que eu presenciei ou me envolvi,  e na grande maioria me deparei com pessoas que tinham como qualificação principal  "boas intenções”, e todas além de se apresentarem como terapeutas ou técnicos, exibiam os tais “certificados” e as devidas “carteirinhas” dos cursos aos quais “foram formadas”...
O procedimento dos “autores” e “professores” destes “cursos de formação em terapias alternativas”, está comprometendo contundentemente o trabalho sério e honrado dos que realmente são capacitados, pois 80% das pessoas que foram e são “formadas” por estes “indivíduos” e que se “auto-intitulam terapeutas” não têm condições nem de se auto-socorrerem; e foram induzidos por inescrupulosos entusiastas a acreditarem que podem ser “profissionais” e terem seus “pacientes”, pois as receitas e ingredientes dos “bolos” são as mesmas.
Ou seja: tratar de uma patologia usando recursos alternativos é como assar um “franguinho” ou fazer um “pudim de pão”.
 
“E QUE OS MESTRES NOS AJUDEM!”
 
Aguardem por mais “notícias” minha, pois eu continuo “LIGADO”.
 
Em tempo: Estou sabendo que o professor António Rodrigues, famoso e sério radiestesista e radionicista de São Paulo, diretor do Instituto Organon e autor de três importantes livros desta técnica, esta lançando um curso de Radiestesia com a proposta de ensinar como se deveria praticar a Radiestesia do século XXI...
Parabeniso-o pela iniciativa, já estava na hora de alguém mais arrojado... atualizar esta importante técnica, afinal, tudo deve ser atualizado e modernizado...
 
“Eu estou e sempre estarei ligado! ....”
 
N.R. Procure sempre um terapeuta formado, diplomado e sindicalizado - Texto de 
 
 
 
 
© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto de: Jonni Caff – POR DR. HOLÍSTICO - O CRICRI ALTERNATIVO - 07/05

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo