Corpo e Mente
Acupuntura Auricular

Acupuntura Auricular

A medicina natural tem seus princípios básicos fundamentados na medicina dos antigos povos orientais, particularmente o chinês. A auriculopuntura, variante da acupuntura - técnica das mais desenvolvidas e utilizadas hoje, que age no plano energético -, é uma técnica que trabalha certos pontos na orelha que servem tanto para prevenção quanto para tratamento de vários desequilíbrios energéticos.

A medicina tradicional chinesa considera a orelha um extremo de íntima relação com os canais de energia - é uma parte do corpo que constitui todos os outros órgãos -, cuja relação é a seguinte: Os canais Yang - intestino grosso, estômago, intestino delgado, bexiga - passam ao redor da orelha, ligando-se diretamente. Os canais Yin - pulmão, baço, pâncreas, coração, rim, fígado e órgãos sexuais - estão ligados à orelha por meio de ramificações.

Por acreditar que eram linhas imaginárias, a ciência ocidental batizou os canais de energia com o nome de meridianos. Em Paris, o Dr. Jean Claude Darras, do Hospital Neker, provou cientificamente a existência dos canais de energia com uma experiência: "Em um determinado ponto de acupuntura injetou uma substância radiativa de contraste, denominada tecnécio. A princípio, o tecnécio espalhou-se por toda a região desordenadamente; porém, outro ponto relacionado ao mesmo canal foi estimulado. Observou então que a substância se concentrou no ponto de origem e correu por um canal até alcançar o outro ponto". Com essa experiência provou-se a existência de um canal em nosso organismo que não pode ser visto a olho nu.

Por esses canais circulam energias conhecidas pelo nome Chi, em chinês, ou Ki, em japonês. O primeiro tipo de energia é o que circula junto com o ar (Yeung Tchi, em chinês). Podemos observá-lo a olho nu quando olhamos para o céu em dias ensolarados e observamos pequenos pontos prateados circulando com extrema velocidade (se você estiver em lugar livre de poluição, essa observação se tornará mais fácil). O segundo tipo provém dos alimentos (Kou Tchi), daí a importância vital de nutrir nosso organismo com alimentos naturais. Alimentos com conservantes e agrotóxicos diminuem a qualidade dessa energia.

O terceiro tipo é conhecido como energia ancestral, primordial ou vital (Yuen Tchi). Representa a potencialidade da vida do ser humano em seu nascimento. Herdamos essa energia de nossos pais no momento da união do espermatozóide com o óvulo. Ela decresce durante toda a vida, até chegar à morte natural. Essa energia vital nasce nos rins e se encontra principalmente localizada na parte inferior do abdome, entre o umbigo e o púbis. Na região chamada sede inferior ela está presente em todas as células do corpo e circula com a energia alimentar nos canais.

O lugar em que vivemos, o tipo de alimento que ingerimos, a qualidade do ar e até a forma de respirar influenciam diretamente na qualidade de nossas energias. Viver da forma mais natural possível e praticar exercícios que ajudem a melhorar a circulação física e energética, como o tai chi chuan ou o tchi kong, pode melhorar em muito nossa qualidade de vida. Lembre-se de que a energia que você produz hoje virá a ser a energia vital de seu filho.#P#

Atendimento e aplicação dos pontos auriculares

Antes de fazer uma aplicação auricular, é necessário saber em qual das orelhas se vai trabalhar. Em princípio, deve-se observar qual o lado dominante do paciente - direito ou esquerdo. Nunca se deve aplicar nas duas orelhas ao mesmo tempo. É preciso intercalar as aplicações em uma orelha por vez, num intervalo de sete dias, no máximo.

Para localizar desequilíbrios, pode-se primeiro observar a orelha e tentar encontrar pequenas diferenças na região, como, por exemplo, pequenas manchas ou pontos pretos, escamações e até diferenças de tonalidade da pele, que a princípio podem parecer natural. Outra forma de localizar pontos que devem ser tratados é a utilização de um aparelho chamado apalpador de pressão. Constituído por uma pequena peça de metal com ponta arredondada e uma mola interna, esse aparelho exerce pressão constante. Todo ponto de aurículo é conhecido como ponto de dor; isso significa que, quando pressionado algum ponto em desequilíbrio, o paciente irá se queixar de uma pequena dor ou sentirá uma simples fisgada.

Existem várias formas de aplicação.Aqui descreveremos apenas as quatro mais utilizadas:

Agulha sistêmica - Normalmente usada no corpo, pode ser também utilizada em aurículo. Seu único inconveniente é que o paciente deverá permanecer deitado e com as agulhas na orelha por um período de 20 a 30 minutos, e a cada 5 minutos deve-se estimular e aprofundar a agulha, causando um certo desconforto.

Agulhas de uso semipermanente - Com aparência de uma pequena tachinha e uma ponta que ultrapassa l,3 milímetro, após sua aplicação deve-se cobri-la com um pequeno pedaço de fita microporo, para evitar que caia. O paciente deve permanecer com as agulhas pelo prazo máximo de sete dias e cuidar para que não haja contaminação.

Ponto esfera - Constituído por uma pequena esfera de metal, este ponto deve ser aplicado da mesma forma que a agulha semipermanente, e os resultados obtidos sãos os mesmos. A diferença é que o ponto esfera pressiona, em vez de furar, e normalmente se usa em crianças com idade até 12 anos e em adultos com orelhas sensíveis.

Ponto semente - É uma pequena semente de mostarda, usada da mesma forma que o ponto esfera, com a diferença de que este ponto deve permanecer na orelha por um prazo máximo de quatro dias. Por se tratar de material orgânico, ele pode se decompor e causar algum tipo de contaminação, e, em conseqüência, provocar inflamação na região.

Deve-se atentar para o fato de que toda e qualquer forma de aplicação não deve exceder seis agulhas. Antes de qualquer aplicação, deve-se limpar a região, de preferência com álcool a 750 GL.#P#

Formas auxiliares no tratamento

A acupuntura e a auriculopuntura não utilizam somente agulhas ou pontos. Outra forma auxiliar no tratamento são as normas de alimentação. Um grande erro cometido pela maioria das pessoas ao se alimentar é o hábito de tomar líquidos, principalmente gelados, durante ou logo após as refeições. Observe o que acontece quando se comete esse erro.

A princípio ocorre uma reação chamada choque térmico, que é o esfriamento do organismo de forma brusca. Nesse caso, será necessário muito mais energia para reaquecê-lo. Isso faz com que os órgãos passem por um processo de febre gastrintestinal. Esse calor febril chega ao coração, acelera seu ritmo e, assim, aumenta a freqüência da onda sangüínea para os pulmões. Dessa forma se congestionam progressivamente seus tecidos, o espaço destinado ao ar neles contido se estreita e, como decorrência, diminui a capacidade de trabalho dos órgãos respiratórios. A pele, que funciona como segundo pulmão e rim, também fica incapacitada de desempenhar suas funções por falta de uma irrigação sangüínea na superfície do corpo, devido à congestão das vísceras febris.

Outra conseqüência causada pela ingestão de líquidos durante e logo após as refeições é que o bolo alimentar se torna macio demais, o que dificulta seu trajeto e pode provocar prisão de ventre, que resulta em mais toxinas para o organismo. As frutas também devem ser evitadas, pois causam os mesmos transtornos que os líquidos. O ideal é ingerir frutas ou líquidos no máximo quinze minutos antes e no mínimo duas horas depois de cada refeição.

Observando estas regras simples, tomando refeições nas horas certas, dormindo o número de horas exigido por seu corpo, fazendo exercícios regularmente, evitando bebidas alcoólicas e fumo e trabalhando não mais do que manda o bom senso, as chances de você ter boa saúde serão enormes. Na eventualidade de um desequilíbrio, porém, o tratamento com certeza será bem mais simples e rápido.

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto de: Wagner P. Fonseca

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo