Corpo e Mente
Cores invadem os consultórios dos dentistas

Cores invadem os consultórios dos dentistas

Os consultórios dos dentistas vêm deixando de ser “tão” brancos. Sim! Aquele ambiente frio, que aumenta o estresse e provoca uma sensação desagradável, está cedendo espaço para cores que tranquilizam e distraem os pacientes. Não só paredes e acessórios ganharam cor nos novos projetos, como os móveis também.

“Quando o paciente chega à clínica, é comum estar tenso. A última coisa de que precisa é encontrar um ambiente todo branco e sóbrio, quase monástico – que certamente não o ajuda a relaxar. Essa é uma abordagem ultrapassada, de quando se considerava que o branco transmitia mais a sensação de higiene. Hoje sabemos que a questão da higiene está intrinsecamente ligada à tecnologia dos materiais e que as cores contribuem muito para se estabelecer uma boa relação entre o dentista e seu paciente, além atenuar qualquer tensão”, diz Camillo Morea, cirurgião-dentista.
 

Na opinião de Morea, os novos consultórios não só proporcionam bem-estar e redução de estresse aos pacientes, como oferecem todas as facilidades aos profissionais em sua jornada de trabalho, reduzindo ao mínimo o desgaste emocional e físico de toda equipe de atendimento. “Além de oferecer uma paleta de cores praticamente infinita – já que podem ser customizadas conforme as preferências do cliente –, os próprios materiais utilizados na confecção dos móveis para consultórios passaram por uma grande evolução. O mix de madeira de faia, aço, vidro e materiais sintéticos de grande resistência, como o Corian® e o Silestone®, permite a criação de ambientes modernos e sofisticados, embora com baixíssima manutenção”.

Para o dentista que se tornou empresário por necessidade – depois de enfrentar muita dificuldade na hora de reformar seu próprio consultório com mobiliário de ponta e a preços acessíveis – a grande proposta dos novos consultórios é explorar a força das cores nos mais variados ambientes da clínica odontológica. Morea revela os pontos fortes das cores:

Azul: “O azul é excelente para quem deseja transmitir sensação de equilíbrio e confiança. Numa vasta gama de tonalidades, pode desde participar de combinações alegres – quando combinado com cores mais vivas, como laranja ou amarelo – até favorecer a sensação de extrema tranquilidade”.

Verde: “Trata-se de uma cor que geralmente transmite frescor e regeneração. É praticamente uma unanimidade entre crianças e adultos, proporcionando sensação de bem-estar imediato”.

Púrpura e violeta: “Assim como o índigo, favorecem a meditação. São a marca da realeza, proporcionando um ambiente sofisticado”.

Laranja: “Ótimo para a recepção, já que é acolhedor e moderno. Essa é a cor do otimismo, da confiança. Então, pode ser a cor perfeita para que os pacientes sintam-se bem recebidos”.

Amarelo: “Cor do otimismo, da alegria, o amarelo é ótimo para encorajar os pacientes. Por isso, muito não abrem mão dessa cor espalhada em acessórios por toda a clínica ou ainda concentrada numa sala especial, nas paredes ou no mobiliário”.

Vermelho: “Por ser uma cor vibrante, não costuma estar nas paredes e móveis dos consultórios, mas pode estar presente nos detalhes da recepção, por exemplo, transmitindo energia revigorante”.

“O importante é saber que hoje há uma infinidade de cores que podem compor uma clínica odontológica. Ninguém está limitado nem ao branco, nem às cores básicas, já que a indústria de ponta nos permite ir além da imaginação”, diz Camillo Morea. “Mais do que coloridos, os novos consultórios são totalmente ergonômicos, proporcionando máximo conforto e bem-estar aos pacientes e à equipe de trabalho”.

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto de: Heloísa Paiva - Ppágina - 11-07-2012

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
  • Perfil
  • Público alvo
  • Publicidade
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo