Corpo e Mente
Tratamento para dependentes químicos: Qual o caminho?

Tratamento para dependentes químicos: Qual o caminho?


No Brasil entre 17 e 25 milhões de pessoas abusam ou são dependentes de álcool e/ ou drogas


Estudos da Organização Mundial da Saúde indicam que de 10 a 15% da população mundial sofre de Dependência Química. Dados que mostram uma realidade assustadora e traz a tona uma preocupação latente nos governos e sociedades em todo o mundo. Entretanto, a realidade brasileira hoje, é de uma rede de tratamento muito pequena e extremamente precária, com tratamentos ineficientes e profissionais pouco qualificados.

Discussões sobre políticas publicas específicas para este tema vem surgindo gradativamente, no entanto, soluções eficazes que deveriam notar as reais necessidades de saúde dos dependentes sem estigma nem discriminação, não acontecem.

“Tratar com técnica, respeito e amor” resume Sérgio Rocha psiquiatra e sócio diretor da Clínica Revitalis, espaço criado há pouco mais de quatro meses na serra carioca.

Parece um conceito simples, mas não é. Recentes missões da ONU no Brasil enfatizaram o quanto o tratamento do usuário de drogas no país está se confundindo com a penalização no campo da justiça criminal e chegaram a alertar para o risco de que a internação involuntária pode ultrapassar o limite de maus-tratos equivalentes à tortura e tratamentos desumanos. “Estamos praticamente isolados no que nos propomos a fazer, que é tratamento 100% voluntário e exclusivo de dependência química”, explica Paula Akil, psicóloga da Revitalis “a locomotiva da clínica é justamente o cuidado amoroso e respeitoso com o residente, sempre aliado à alta qualificação profissional. Desde o espaço, a internação, o contexto geral da clínica e de tudo que é oferecido lá, contribuem para um tratamento bem sucedido”, continua.

Mesmo com um alto nível de desistência registrado em tratamentos na maioria dos estados brasileiros, chegando a 77% em São Paulo, a Clínica Revitalis apresenta dados animadores “temos um grau de desistência baixíssimo e acredito que isso se dá ao tipo de tratamento que oferecemos, através de um trabalho multidisciplinar que envolve psiquiatria, psicologia, aconselhamento, orientação espiritual e meditação, educação física, yoga, terapias ocupacionais variadas, terapia familiar, além de diversas tarefas tocadas pelos próprios residentes” explica Roberto Flores, conselheiro da clínica.

Trilha a seguir:

Acesso a um tratamento digno é direito básico e é o que a Revitalis busca. Com aproximadamente 23 funcionários o estabelecimento caminha em direção a uma nova maneira de dar continuidade à vida sem uso de drogas, dentro de um prazo não tão curto – suficiente para lidar com os problemas - e não tão longo, para que as pessoas não saiam tanto das suas realidades a ponto de não conseguirem se reinserir na sociedade. “Isso se fortalece muito com a troca de experiências entre os próprios residentes que ali estão dividindo um momento muito parecido. Por isso o nosso grande diferencial é a exclusividade no tratamento de dependência química”, explica Sergio. “Existe uma proximidade grande entre os internados e suas motivações. O fato de serem voluntários os transforma em um grupo mais coeso, mais forte. É importante que os pacientes tenham um perfil agregador para o grupo”, continua.

Contato: http://www.clinicarevitalis.com.br/

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto de: Hochmuller Comunicação / Marina Mochel – 22-10-2013

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo