Corpo e Mente
Rapidinhas
NOVO TELEFONE DO JORNAL O LEGADO (11) 4418-6150
NOVO TELEFONE DO JORNAL O LEGADO (11) 4418-6150
NOVO TELEFONE DO JORNAL O LEGADO (11) 4418-6150
NOVO TELEFONE DO JORNAL O LEGADO (11) 4418-6150
A Kabala da injustiça

A Kabala da injustiça

O Planeta Terra sem justiça divina
 
Li tempos atrás, no “Jornal da Tarde”, que mais de 50% dos brasileiros não confiam nas leis e na justiça Brasileira. Não posso acreditar nesses dados. Será mesmo que 50% confiam? E qual será o número Mundial? Esses que confiam será que já estudaram essas leis ou são em sua maioria pessoas que ainda não buscaram a origem, a moral e a ética dessas leis? O que é lamentável quando leio ou fico sabendo de algo sobre a “pseudo justiça” mundial (de um modo geral) é que mesmo quando as leis e as regras funcionam elas raramente são justas. Pense nisso: suas leis são justas? Como? Quando? Aonde?

Reflita: Quem dirige ou quem faz as tuas supostas leis?
As leis e as constituições de todo o planeta foram escritas por políticos profissionais, loucos por poder, vereadores, deputados, senadores, presidentes, ditadores etc. Reflita nisso junto comigo: Quem te disse que tuas leis, tua justiça planetária, teus códigos civis, tua constituição e teus tribunais são o correto? Será que hoje no planeta há tanto lixo e injustiça nisso como no tempo em que as leis permitiam a escravidão, pena de morte, castas, inquisição, “doação” da noiva ao monarca, guerras, etc? Ou não? Estou te perguntando e pedindo tua reflexão. Participe comigo. 

Quem fez tuas leis? Elas são justas? Na época da escravidão o “povinho” achava em sua maioria justo. E hoje/ suas leis são justas?

E quem fiscaliza essas leis? Você confia? Você encontra ética planetária em teus códigos e constituição? Se sim porque NOSSO planeta esta assim? Reflita: Corrupção, roubos, impunidade, injustiças etc. O que funciona de forma justa no planeta?
Praticamente nada, nenhuma dessas leis, apontam em minha visão (e na dos Budas) para a Justiça Real, para a Ética, o equilíbrio e paz planetária.

O que é péssimo é que a maioria dos “Robôs” do planeta acreditam que se muitas leis retrógradas fossem realmente cumpridas haveria justiça. Quanta ingenuidade! Quem não tem muito dinheiro para contratar um bom advogado ou para corromper a justiça, como, por exemplo, ocorre muito em parte do continente Africano, é tratado rudemente quando precisa da justiça por quem não tem qualquer amor e consideração por ninguém. Pessoas que muitas vezes dirigem a justiça e adoram ter a oportunidade de dar demonstração de poder para esconder sua impotência e frustração.  
 
Insisto: Leis de políticos profissionais. Os chamados legisladores, as autoridades, os executivos e os judiciários e não estou falando somente do Brasil falo ao planeta todo. 
 
A maior parte dessas leis mundiais não seriam aceitas num Tribunal Celeste ou por Xamãs, Iluminados, Meditadores e Líderes de Verdade: Dalai Lama, Gandhi, Dolano, Gangaji, Mandela (preso pela “lei”). 
 
Olhem o planeta como está. Quem hoje faz diferença no planeta de verdade tem leis próprias realmente justas. Você sabia que uma das palavras e ensinamentos mais apontados por Jesus era Tsedaká? 
 
Tsedaká é Justiça. Tuas leis são justas? Você é justo?
Olhando para o que os Budas, os iluminados, os acordados e tsedakin, (palavra Judaica que significa pessoas justas), podemos encontrar aí sim justiça de verdade.
Compartilho aqui com vocês algumas Leis Justas, leis de verdade, para profunda reflexão:
 
Roubo de tempo
 
Enrolar as pessoas e desrespeitar o tempo alheio é chamado de “ossek” pelos rabinos e homens justos. Quando a tua justiça demora em resolver algo, as tuas previdências deixam pessoas esperando em filas, há demora em pagar-se algo, filas em bancos ou pedágios, aviões que não decolam por culpa do que chamam de “União” ou incompetência, tudo isso é crime celeste. Roubo de tempo. Roubo do teu e do meu tempo.
 
Quando alguém rouba dinheiro ou propriedades é punido pela justiça profissional (de alguns países é claro), mas esses mesmos “punidores de plantão” atentam contra o Divino quando eles mesmos roubam tempo alheio.  Tempo é Dimensão divina tanto que o apelido de Deus é: O Eterno (tempo). 
 
Roubar tempo é segundo os Budas um dos piores crimes possíveis. O que você pensa disso?
 
Semáforos mal regulados, demora em resolver algo, filas de qualquer espécie, tudo isso é crime celeste! O que espanta é isso: a própria justiça demora em resolver tudo. Não permito que ninguém roube o meu tempo e não faço isso com ninguém. As receitas federais (!?) demoram anos para refazer uns cálculos,  resolver aposentadorias , litígios, correções, contas, etc.

Anos de espera! Li na Veja (Janeiro de 2007) que uma “ação” pode demorar até 12 anos para ser resolvida no Brasil. UÁU. 12 anos!
Na sua justiça política? Normal. Ela é lenta em todo o planeta. Você já foi roubado em tempo? você rouba tempo de alguém?
 
Cobrança de Juros
 
“Não cobrarás juros de seus irmãos”. (Bíblia de Jerusalém)
A Bíblia Cristã em três passagens proíbe a cobrança de juros. A tua justiça aceita.
O Brasil tem uma das maiores taxas de juros do planeta e se orgulha de ser um País Cristão. Cristão exatamente no quê ou onde? No quê? Aonde?

“Não Matarás” é citado na bíblia em duas passagens e não cobrará juros em três. Os sábios e justos dizem que é porque os juros matam aos poucos quem é obrigado a pagar. A tua justiça do trabalho (três milhões de processos por ano só no Brasil?!?!) cobra juros em litígios e cálculos . Justiça do trabalho? Que país é esse? Tanto desemprego. E... Presenciei dois casos de pessoas que inventaram mentiras para extorquir patrões na “justiça do trabalho” e ganharam uns trocados em acordos que incluíram juros. A justiça para os Budas não faz acordos. Justiça é justiça. Eu não faço acordos em meus atos e palavras. 
 
Sou e tento ser cada dia mais justo em todos os meus atos. Sei de cada caso “julgado” nas tuas justiças trabalhistas que é de arrepiar.

Eu mesmo (sim, eu mesmo) fui depor (sim, num tribunal) a favor de um amigo que em litígio (processo) com uma pessoa que inventou que trabalhou com ele e sua justiça deu ganho a ela. (sim, “eles” não confiaram na minha palavra).
Outro dia uma pretendente de emprego aqui na Humaniversidade disse que se aprovada ao cargo não desejaria ser registrada nos primeiros meses para continuar recebendo o seguro desemprego. UÁU. Seguro desemprego e está trabalhando, ela me disse que muita gente faz isso. Será que é verdade? A tua justiça aceita? Você acha que a justiça do trabalho está cheia de compaixão pelos trabalhadores ou preocupados com impostos que os empresários são obrigados a pagar quando contratam alguém? 13°, férias, avisos prévios, etc, etc, etc, etc... 
O que você acha? Eu acho que estão sim cheios de compaixão alheia. Brasil o país dos impostos diz a rádio Jovem Pan.  Cada mês que passa mais desempregados migram em todo o planeta para o crime. E os juros, multas e impostos? Aumentam é claro, apoiados por suas leis.
 
Roubo de informações
 
Placas mal sinalizadas, leis que desconhecemos, contratos com letras miúdas e cheios de termos “jurídicos”, vendem algo sem que se apontem os prós e contras, etc, tudo isso é crime bíblico e, é claro, para todos os iluminados. 

O que se perde de paciência e tempo (roubo de tempo) por estradas e ruas mal sinalizadas. É indiscutível. Certa vez por desconhecer uma “lei deles” tive que levar um carro para uma vistoria e nunca em toda minha vida observei tamanha falta de educação de alguns dos atendentes da vistoria. Você já esteve lá? Se sim, sinto muito. Vistoria? Lembra da lei de levar estojos de primeiros  socorros no carro? Lei?

Em Santos, onde ministro formações regulares, as placas de trânsito, são uma piada de mal gosto. Não sinalizam nada e junta-se a isso semáforos mal regulados que fazem com que você  encontre fechado um a um.   

Ter e dar informações é também usar o bom senso, a compaixão e o amor ao próximo... Li outro dia na revista Veja num texto de Cláudio de Moura (setembro 2006): “Um chofer do táxi pagou uma multa de 800 reais ao ser pego em uma blitz sem portar sua carteira” - embora o computador da polícia mostrasse que ele possuía habilitação, foi-se o carro no reboque e meses de sa-lário. O passageiro na fila, á minha frente, não pôde embarcar no vôo, pois identificou-se com uma carteira de habilitação cujo exame de visão estava vencido. Carteira esquecida no bolso da calça errada não causa acidentes fatais, e nem o vencimento do exame de visão põe em dúvida uma identidade.

Fixemo-nos no trânsito e perguntemos que objetivos teria a existência dos Detrans e de seu exército de funcionários. O mais pungente objetivo seria evitar mortos e feridos, como as principais causas são excesso de velocidade e alcoolismo, é isso que deveria ser reprimido. Ou seja, bafômetros e radares, onde ocorrem acidentes e nas horas em que são mais freqüentes (noites de fins de semana). E também controle dos freios, pneus e luzes... 

O IPVA no Brasil é um dos valores mais altos do mundo e seu pagamento autoriza a andar por exemplo em São Paulo e no Rio de Janeiro, cidades sem líderes de trânsito, asfaltos estragados, faróis desregulados ou melhor programados para se pegar todos fechados, sem segurança, sem estacionamento público, etc... E no início de todo ano a tua secretaria de estado/fazenda e teu “governo” nos coloca um valor que eu pergunto: É justo? Quem calcula? O cálculo é baseado em que regra divina? E os pedágios quem calcula o valor?
 
Roubo de expectativa
 
No dent. 24:14 está escrito : “No mesmo dia em que concluir seu trabalho, pague seu salário, não deverá o Sol se por sobre ele... Pois sobre ele (seu salário) deposita sua alma”
Ter-se a expectativa de receber algo e não o tê-lo é roubo, não só de expectativa como também de tempo.
Soube que os “governos” devem muito a várias empresas. Porque não pagam em dia? Quem é que faz as leis? Eles mesmos. O teu governo que cria as leis e as expectativas e não cumpre. Quantas prefeituras e governos que devem? Dívida externa? Eu não devo nada. Juros da dívida externa? “Não cobrarás juros dos teus irmãos” Você deve algo? 
Os Governos tem vários tipos de jogos de azar. Os justos Afirmam que jogo é Roubo de Expectativa. O Iluminado Nilton Bonder ensina: “Quem joga espera ganhar muito e sai-se sem nada”. Jogo é crime celestial e nenhum Buda aprovaria. 

A “lei” proíbe os jogos clandestinos e não proíbe os supostos oficiais, Bingo, Loterias, Loto, e todos os jogos, repito, “oficiais”. Por quê será? Será porque gera impostos que sustentam teus políticos e “tua máquina Pública”? O que você acha?

Permitir que alguém sonhe em ganhar algo e não ganhar é crime celestial. Vender ilusões. Insisto: Nenhuma tradição mística e nenhum Iluminado aceita jogos. João Saldanha disse que no Brasil 70% do valor que os “sonhadores” e viciados em jogo gastam em loterias vão para o teu governo. 70% de imposto? É justo? Você já teve alguém que ama envolvido em: jogos, agiotas, juros, etc.? O que você pensa disso? 
 
Esses dias me disseram que um guri ganhou milhões na mega sena e que agora pararia de trabalhar. Se eu ganha-se 50 milhões continuaria fazendo o que faço. Não é necessário dinheiro para se fazer o que gosta. É preciso coragem. Dinheiro algum me impediria de formar Terapeutas, Naturopatas, Meditadores e tudo o que minha escola ensina. 
 
Roubo por Indução - Lifnei Iver
 
A propaganda que induz algo mentiroso, irreal e até mesmo alguém a gastar mais do que se pode ou deve é proibida pelos Budas. Propagandas de álcool podem induzir alguém a se embebedar, matar e mutilar com o carro. Induzir alguém a fumar, beber, arriscar a sagrada vida, matar animais (não matarás) alimentar-se de qualquer coisa que faça mal a saúde ou prejudique o planeta, não é permitido num tribunal celeste. Quanta propaganda de bebidas alcoólicas tem em outdoors, TV, rádios, etc? Você sabia que algumas dessas bebidas patrocinam rodeios? Bebidas que apelam a conquistas, pessoas “saradas” e bonita esteticamente, mas só falando inutilidades e apontando a felicidade sem profundidade. Você sabia que o consumismo exagerado está acabando com o nosso planeta? É também Risível que tuas leis aceitem as únicas drogas que destroem a honra do nosso planeta: cigarros e bebidas. Outras que não destroem tanto são proibidas (oito maços de cigarro é um pequeno arbusto a menos). 

Roubo de Caráter – Venda da Alma

Jesus dizia: “De que vale ter tudo na vida mais perder (vender) sua alma?”
Quem trabalha em algum local que é criminoso, sem ética, injusto e permite algo que não concorde é o pior dos criminosos e ainda por cima um covarde e um mercenário. O Iluminado e justo Baba Metzia ensina:

“Diante de um “cego”... - Aquele que serve de escriturário para negócios ilegais torna-se também cúmplice do crime. Seu obstáculo é permitir aos “cegos” realizarem sua transação”.

Se alguém não acha justo, os impostos que a maioria dos incompetentes dos governos do planeta cobram, e essas pessoas questionam isso, mas continuam a trabalhar nisso ou com os “governantes” corruptos e incompetentes, qual o nome dessas pessoas? 
“Eu só cumpro as leis e obedeço aos meus “superiores” dizem os “Zés Povinho” inclusive os que matam na guerra em nome de seus políticos e de sua justiça.”
No Afeganistão as tuas leis permitem que mulheres sejam violentadas aos sete anos de idade pelas leis do matrimônio. 

“Será que é preciso para não morrer de fome morrer de tédio?” (Pearls)
“... mercenários sem direção...”é o que canta o RPM.

Um colega vivia dizendo que era roubo o que se cobra nos pedágios em estradas. Se queixava e até tratava mal os cobradores dos pedágios, xingava-os de todos os nomes. Outro dia soube: Está trabalhando como cobrador de pedágios. Uáu. Enfim todos tem um preço, você pode dizer. Eu digo: Quase todos. Eu não tenho e conheço muitos que também não têm.

Quantos são os que criticam e não concordam eticamente com seus governadores e pasmem... Trabalham para eles. Pode?
Eu prometi NUNCA, absolutamente nunca, trabalhar com nada ou ninguém que não tenha relação com meus conceitos éticos, de justiça (a minha) e vocacionais. 
Corrupção para mim é vender a alma e não só o que os teus dirigentes mundiais fazem.
 
Roubo de ter – Riquezas pelo que não se tem
Ensina o iluminado Nilton Border: “Existem Riquezas por ter-se menos”
É justo quando leis aumentem o salário de quem as fez? Que aumentam seus próprios salários? Ter, ter, ter... E quando haverá tempo para Ser? A justiça do equilíbrio-roubo por ter-se demais. Buda ensina: 
 
Nada faltando, nada sobrando e os rabinos completaram: riquezas pelo que não se tem.

O planeta está sendo absolutamente destruído, por tanta necessidade de consumo, compras de apartamentos e casas de luxo, carros de milhões, roupas de pele, piscinas (falta dágua), etc. Os “loucos” por poder são pessoas tão infelizes, tão vazias, impotentes sexualmente (segundo o terapeuta Reich e o mestre Osho) que precisam de dinheiro e mais dinheiro para esconder suas próprias carências. Você já viu algum de seus dirigentes numa demonstração de amor e ternura? 

O que tua justiça e líderes fazem com a destruição planetária? Soube que há um projeto dos países ricos para preservarem a Amazônia. UÁU, o CET multa tudo que é carro fora do rodízio mas não estão nem ai para os ônibus, carros e caminhões desregulados que poluem nosso sagrado planeta. É, parece que os estrangeiros que terão de cuidar dos Brasileiros.  

Os “figurões” do planeta aumentam o próprio salário criando suas leis. Os marajás mundiais apoiados nas suas próprias leis arrecadam cada dia mais e o planeta vai sendo destruído.

Tuas leis permitem que fábricas acabem com o nosso meio ambiente, poluam o oceano, cortem sem critérios árvores, construam prédios e mais prédios, matem animais (que eles escolhem: uns podem outros não), etc. Assista o filme “Sem florestas”, sobre um condomínio que tira espaço dos animais. Aproveitando, eu lhe aponto: Especulação é considerado mentira: Quando eu compro algo digo: 
-Qual o preço justo?

Se um vendedor me dá um valor e digo que vou pensar e ele abaixa o preço não tem mais diálogo. Não entro nisso. Qual o preço justo. Comprar algo para especular e vender?
Não é permitido pelos sábios.
A idéia do “ter” criou a indústria que mais cresce no mundo. A Indústria do perdão? Não! A Indústria do Processo!

Quando um avião cai? Processo. 
Alguém se machuca? Processo.
Alguém toma bronca? Processo.
Alguém come “bola”? Processo.
Alguém paquera? (não estou brincando é sério) Processo.

No mundo inteiro, mesmo quando alguém morre, no dia do enterro, alguém diz:
-Vou processar o médico, o cão, o atlas, o governo, o gato, a tuba, o Chaves, o Snoopy o “responsável”  etc. Alguém precisa ser processado?

Muitas vezes processam para quê? Grana, Dinheiro... Enfim... 

Quantos processos são realizados objetivando “fazer diferença” e trazer paz ao planeta? Quantos são por vingança e dinheiro? 
 
Roubo de valores e serviços
 
Buda ensina: “Sem trabalho, sem comida (salário)”. Como Budista assino em baixo mas as “Tuas Leis” permitem!? Que setores fundamentais para as pessoas façam greve. Greve de ônibus, metrô, hospitais, previdências (olha ela aqui novamente), alfândegas (todos na fila esperando), etc. Um universo de pessoas fazendo greve, vendo na TV em casa as notícias dos seus sindicatos e milhões sofrendo, porque alguns querem mais dinheiro. Uns ganham mais e milhões sofrem. Ótimo. É a tua lei:

Que o destino possa colocar esses grevistas nos lugares de quem eles prejudicam. Até morte existe em filas de grevistas!

Jesus ensinava: Paz aos Homens de boa vontade-(Kavaná)

O ensinamento é que só quem faz seu trabalho com boa vontade é que terá paz. Kavaná é fazer de coração. Se eu não trabalho, seja lá com o que for, de coração, eu me vendo e não realizo o caminho de Jesus. Kavaná – medita nisso: Boa vontade (você tem?).

Você trabalha com boa vontade (No que te dá paz) ou por dinheiro? Quem trabalha por dinheiro é o quê? Greves em postos de saúde? Pessoas sofrendo por que algumas querem mais um dinheirinho para “ir domingo ao zoológico dar pipoca aos macacos”, e a tua justiça? Uáu; ela até diz que algumas greves estão dentro das “leis”. Em alguns países do planeta há justiça, algumas faculdades de direito, aceitam greves. É, talvez Buda é que esteja errado . O que você acha?
 
Roubo de Prestígio – Fofoca
 
No deuteronômio 19:16 ensina-se “não sairás por aí contando às pessoas...
A fofoca (rechilut) e a má língua (Lashon Itará) são proibidos por todos os justos.
Revista de fofocas ferem de forma absoluta o ensino bíblico. Gaiarsa tem um livro lindíssimo que chama-se “Tratado geral sobre a fofoca”. Lembra-se da Escola de base? Fofoca que destrói pessoas. Os Rabinos dizem que a fofoca mata quem faz, quem escuta e de quem se fala. Completam os Rabinos: “a fofoca mata mais quem ouve ... o propagador”. Você tem assistido os Big Brothers da vida?
 
Roubo da paz
 
Os serviços das prefeituras que observam o silêncio no Planeta já foram acionados por mim em várias situações e nada fizeram. Construtoras que em minha visão são muitas vezes mais destruidoras do que outra coisa, fazem um barulho absurdo em horários que muitos ainda dormem. Pasmem que perto de minha casa está sendo “construído” um prédio com aquelas estacas em frente a um hospital e a uma escola. Isso mesmo escolas e hospitais. Tuas leis aprovam? Será que tua justiça sabe os maléficos de não se dormir em paz e o suficiente?
 
“O silêncio é uma oração” ... “orai e observai o silêncio”.  Barulho e mais barulho.
Em cidades desarmoniozas sempre tem alguém martelando algo, quebrando calçadas, tocando buzinas, carros desregulados, apitos enfim... O importante é construir e cada vez mais destruir o meio ambiente. 
 
É por amor ou por dinheiro
 
Crueldade com animais
 
Empresas de cosméticos, alguns bancos, lojas de departamento, cervejas, etc, patrocinam rodeios. Isso mesmo: rodeios. Jesus Krishna, Dolano, Gangaji, Buda... patrocinariam Rodeios? O teu governo e tuas leis aceitam isso? Claro que sim, pois elas não são feitas por exemplo por Monges Budistas, Leonardo Boff, Pierre Wein, Rohis Zen, Monja Coen etc. As tuas leis dizem que matar animais em extinção é crime mas para a tua prefeitura matar cães e gatos  é “legal”. Qual a lógica disso? Pergunte aos teus legisladores.

Há décadas que a criação de pasto para meia dúzia de pessoas comerem picanha e vacas acabam com nosso planeta. Quando eu falava isso há 20 anos atrás riam de mim. Hoje até a ciência e parte da mídia concorda. O que teus dirigentes fazem a respeito da destruição das matas? Ah você diz: isso é permitido por lei. Que lei? Pergunto eu. A lei que permite testes cruéis em animais? Entre no site www.pea.org.br e veja a absurda lista e fotos de todas as empresas que maltratam os animais.
 
Mal uso do poder
 
Um cartão de crédito colocou um débito que não fiz e depois de mais de 50 ligações ainda não consegui uma resposta, É impossível que alguém da diretoria, “os poderosos dos Bancos (Juros, Especulação, Materialismo) falem comigo.

Há 60 dias, estou para resolver essa questão com os banqueiro$ e... Apesar de minha insistência enviando e-mails, tentando contato e gastando tempo, nada é respondido. Enfim o que esperam de alguém que debita US$ 3000 em um cartão?

Foi me dito que eles do banco vão entrar com uma ação(?!) contra mim, e, é claro, ganhar. Eles inventam que você deves algo e um advogado te acusa. E ganham. É importante lembrar: de onde vem a tua justiça? Qual a origem? Direito Romano? (não foram eles que mataram Cristo?). Direito e democracia Grega (não foram eles que mataram Sócrates?). Estude as origens das suas leis ou veja o filme “O advogado do Diabo”
 
Roubo da verdade – Não mentirás
 
O 6° mandamento é “não mentirás”.  Em tudo que ensino aponto: Seja sincero, seja verdadeiro. Todos os sábios apontam nessa direção.
 
Quando, por exemplo, é tirado a noite, na surdina, um tal de CPMF e é dito que o mesmo seja usado para a saúde que assim seja. Se R$1,00 (um real) for desviado para outra coisa isso é mentira. Mentira de alguém que não tem palavra de honra.
Teus líderes e tuas leis mundiais são verdadeiras?

No Deuteronômio a palavra empenhada é causadora de paz planetária. Teus lideres falam a verdade? Tua Justiça é verdadeira? Você é sincero ou também oculta e mente?
 
Soluções – Uma vida e um planeta mais éticos
 
Nesse texto escrevo “tua justiça”, “teus governantes”, “teus presidentes”, “teus políticos” etc. Uso o termo “Teu”, pois, em hipótese alguma eles são meus. Minhas Regras e justiça não são as mesmas desses supostos dirigentes.

Como diz o colunista, Diogo Mainardi, (Veja, 1/11/06 edição 1980) todos esses “dirigentes podem ser seus, mas não meus”. Meu senso de justiça e moral são absolutamente e diametralmente contrários a eles.

Um exemplo é que devemos sim pagar todos os impostos. Se não pagarmos os teus governantes vem com armas nas mãos, nos punem e colocam-nos em seus presídios. (Aonde você aprenderá a ser um criminoso de verdade, pois tuas leis mundiais só tem imaginação para punir colocando pessoas na cadeia). Há ainda hoje pessoas prontas “a morrer pela pátria e viver sem razão.” E elas certamente vão te punir por ordem de seus leitores.

Assim paguemos nossos impostos e sustentemos os parasitas planetários, as guerras, os salários dos teus poderosos, etc.

Meu convite é que tu reflitas nesses poucos itens que aqui escrevi (poderia escrever muito mais sobre os absurdos das tuas leis.

Que tu possas criar em seu cotidiano uma ética maior que a “deles”. Uma nova justiça e moral enquanto há tempo (se é que há).

Que tu olhes as leis e regras dos Médicos sem fronteiras, Greenpeace, Projeto Esperança Animal, (PEA), Rancho dos Gnomos, Nina Rosa, Dalai Lama e uma série de ONGS que hoje fazem algo útil ao planeta.

Os índios também podem apontar o que é honestidade e justiça. Lembra do índio Juruna que gravava o que os teus dirigentes diziam por afirmar que eles eram mentirosos?  

Tu podes pensar que vivo de forma utópica ou sonhadora e que não sou feliz no mundo que vivo.

Grave engano. Adoro e celebro profundamente minha vida, trabalho com o que tenho vocação e é só, faço e vivo com o que me é ético e moral. Namoro, trabalho e brinco muito. Faço sempre algo pelo planeta e gosto do meu ser. Insisto, como Mainardi, que minha ética e moral são absolutamente diferentes à da tua sociedade.

Meu convite é que tu sejas um REBELDE, livre, voando seu próprio caminho e criando suas próprias regras ecológicas, libertárias, amorosas e celebrativas. Crie uma nova forma de ser e uma nova categoria de homem que seja justo de verdade.

Meu mestre Osho sempre ensinou: “viva no mundo, mas não pertença a ele” Jesus apontou : meu reino não é aqui. Qual meu convite? Reflita você. 

Sugestão: Que você condene ao total esquecimento, toda estupidez, irracionalidade,  desumanidade das tuas justiças planetária que não estão “nem aí” para a vida. A vida. Renato Russo dizia que “nossos netos vão rir no cinema das nossas leis” Se não fizermos nada, nossos netos não viverão para rir dos teus governos.

Também, assim como você, acredito que deve haver leis, regras e alguns dirigentes mas sinto que de tudo isso que está aí quase nada pode ser aproveitado.

Você pode me perguntar se eu faria leis mais justas e éticas? Minha resposta é, com certeza sim. É uma pena que não serei chamado para isso, em 3 ou em 20 dias poderia fazer isso, mais enfim...
 
Visite o site www.salveaterra.com.br e tenha algumas inspirações, para realmente fazer algo para criarmos um mundo realmente justo.
 
Leia também o Iluminação. Humildade de servir, de recolher, de compartilhar a ida na grande irmandade da espécie humana no planeta Terra, nossa casa comum.
Iluminação. Fazer o bem a todos os seres, todas as formas de vida. Sem apego e sem aversão.

Iluminação. Reconhecer e se libertar. Sem amarras, sem prisões, na doçura do inter-ser.

Iluminação. Interligados nos religamos ao que nunca, jamais, nos separamos. Mas se não houver procura, reflexão, prática, compreensão, a iluminação foge ligeira, mas rápida que a rapidez.

Iluminação. Como a de Buda: sentir-se ligado a tudo que existe. Sem drogas, sem nada, na brisa. Todas as formas de vida são nossa vida. Somos o corpo uno.

Iluminação. Sem aversão, sem ódio, sem rejeição, sem violar o direito à vida. Sem fugir, sem se esconder, sem matar e sem morrer.

Iluminação. O caminho da não violência ativa. Transformar sim, organizar sim, mas usar as forças superiores da compaixão e da compreensão. Sem cultivar rancores nem horrores.

Iluminação. Por favor, ilumine todos meus irmãos e irmãs.

Ilumine o meu, o seu, o nosso único coração.
 
Que todos os Budas te abençoe e que façamos deste planeta um exemplo de ética e justiça.
 
Texto da Monja Coen - autorizado por Otávio Leal
 
 
© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4418-6150

Autoria

Texto colaboração e responsabilidade de Otávio Leal (Dhyan Prem) - Diretor da Humaniversidade - (11) 5055-2800 - Fevereiro 2007

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo