Corpo e Mente
A arte de pensar grande

A arte de pensar grande

Para começar, permita-me que lhe relate uma pequena experiência que tive há alguns anos. Eu fui convidado para assistir a uma palestra do vice-presidente encarregado das vendas de uma grande organização. Ele estava tremendamente excitado. Queria atingir um objetivo. Ao lado dele estava o mais destacado vendedor da empresa, um elemento de aspecto comum, que ganhara, no ano que estava terminando (2012) aproximadamente R$ 25.000,00 por mês em média. Os demais empregados tinham conseguido, no mesmo espaço de tempo, em média R$ 5.000,00.  O chefe desafiava o grupo e dizia:

- Olhem bem para este homem. Olhem para ele! Que é que ele tem que vocês não têm? Edson ganhou cinco vezes mais do que a média de vocês. Será que ele é cinco vezes mais esperto?

- De acordo com os nossos testes individuais, não. Eu mesmo verifiquei isso. Eles mostram que o Edson situa-se na média dos seus companheiros de departamento.
- Terá ele trabalhado cinco vezes mais ativamente que vocês? Mais uma vez direi que não. Os dados colhidos são mais ou menos os mesmos que os de todos. Ou será que ele é mais educado? Mais saudável? Também não. Edson é tão médio quanto médio pode ser um indivíduo, exceto numa coisa: A diferença entre ele e vocês – continuou o vice-presidente –, a diferença é que ele pensa cinco vezes mais positivamente.

Então o chefe passou a mostrar que o sucesso é determinado não tanto pelo tamanho do cérebro de um homem quanto pelo tamanho dos seus pensamentos. Aquela tese deixou-me intrigado. Quanto mais eu observava, quanto mais gente eu consultava, e quanto mais profundamente eu buscava o que se encontrava por trás do sucesso, mais clara se tornava a resposta. Uma após outra, as histórias provavam que o tamanho da conta bancária, da felicidade e da satisfação de qualquer pessoa depende do tamanho do pensamento dessa pessoa.  

EXISTE MÁGICA em se pensar de maneira positiva. Se, pensando positivamente, se consegue tanto, por que é que todo o mundo não pensa assim? Muitas pessoas em meus cursos me perguntam isso. A resposta é a seguinte: a maioria das pessoas, mais do que percebem, são o produto dos pensamentos que vibram à sua volta. E na sua grande maioria, esses pensamentos são mesquinhos, nada têm de elevados. Todo o ambiente que os cercam tenta puxá-los para trás, para uma rua chamada de Rua de Segunda Categoria. Quase que diariamente lhe dizem: “Atualmente existem muitos caciques e poucos índios”. Em outras palavras, querem dizer que não existem mais oportunidades, que há um excesso de chefes e que, portanto, você deve se contentar com uma posição inferior, humilde. No entanto, a ideia do “excesso de chefes” simplesmente não corresponde à realidade.

Os líderes de todas as atividades, as pessoas bem sucedidas lhe dirão, conforme disseram a mim, que a dificuldade está na existência de “muitos índios e um número insuficiente de caciques”. Este ambiente insignificantemente pequeno também lhe diz outras coisas tais como “o que tem de ser será”, e que você não pode controlar o seu destino nem a “sorte”. Portanto, o que você tem a fazer é esquecer os sonhos, deixar de pensar numa casa melhor, num melhor colégio para os filhos, numa vida melhor. Conforme-se, deite-se e aguarde a morte. E quem já não ouviu dizer que “o sucesso não vale o seu preço”, como se você tivesse de vender a alma, a vida da família, a sua consciência e todas as suas virtudes para atingir seus objetivos. Contudo, na verdade, o sucesso não exige preço algum. Cada passo para frente paga o seu dividendo. E aquele ambiente mesquinho também lhe dirá que é muito grande a luta pelos bons lugares na vida. Será mesmo?

Recentemente um chefe de RH me disse que recebe, por ano, de 100 a 200 vezes mais solicitações para empregos de R$1.200,00 do que para posições de R$ 20.000,00 mensais. Isso significa dizer que há, pelo menos, 100 vezes mais concorrência para empregos na Rua de Segunda Categoria do que na Avenida de Primeira. A Avenida de Primeira Categoria, no Brasil é uma rua pequena e de pouco movimento. Há inúmeras vagas aguardando gente que, como você, tem a audácia de pensar positivamente.

Os princípios e conceitos básicos em que se apoia A Arte de Pensar Grande têm suas origens na mais alta linhagem dos melhores e maiores cérebros que já existiram no planeta Terra. Cérebros como o de Ralf Waldo Emerson, que disse: “Os grandes homens são os que fazem com que os pensamentos governem o mundo”; como o de Milton, que escreveu no Paraíso Perdido: “O cérebro é o seu próprio lugar e pode, dentro dele, fazer do céu um inferno, ou do inferno um céu.” Cérebros espantosamente perceptíveis, como o de Shakespeare, que observou: “Nada existe de bom ou de mau, senão os pensamentos que fazem as coisas assim parecerem”.

Mas onde está a prova? Como sabemos que os grandes pensadores tinham razão? Belas perguntas. A prova nos vem dos eleitos que, vivendo ao nosso redor alcançaram o sucesso, a felicidade e realizaram coisas, mostrando que o pensamento positivo opera verdadeiros milagres.

O fato de você estar lendo esta aula, prova que está interessado em ser bem-sucedido. Você deseja desfrutar de um melhor padrão de vida, que ela lhe dê todas as coisas boas que você merece. Interessar-se pelo sucesso é uma qualidade maravilhosa, um bom começo.

Para construir qualquer coisa – automóveis, pontes, escolas, hospitais –, precisamos de ferramentas. Muita gente que tenta construir uma vida melhor esquece de que há ferramentas capazes de ajudá-la. Você não.  

Portanto, você dispõe das duas qualidades básicas para conseguir um lucro real deste curso: o desejo de obter mais sucesso e a inteligência para escolher a ferramenta que vai ajudá-lo a atingir esse objetivo.

Pense positivamente e viverá melhor. Será mais feliz, realizará mais coisas, terá um maior rendimento, mais amigos e será mais respeitado. Como promessa isso já é o bastante. Comece agora, agora mesmo, a descobrir como fazer seus pensamentos operarem mágicas em seu benefício. Comece com este pensamento do grande filósofo Disraeli: “A vida é curta demais para ser pequena”. E quando lhe perguntarem como vai, responda: “Cada dia melhor!”.

Bem, como lhe disse na introdução deste artigo, você irá receber “dicas”, “truques” e “magias”. Aí vão as primeiras dez “magias”. Aproveite-as:

“Magias” do dia-a-dia



Se você deseja ser próspero, saudável, cheio de amor e respeitado, terá de se conscientizar de que essas características jamais poderão lhe chegar, se você duvidar, pois a dúvida é o fator que mata o êxito.

Jamais, em qualquer época, um ser humano atingiu qualquer objetivo nobre, seja ele o de ter um emprego digno ou mesmo ser presidente da República, sem que tivesse traçado as diretrizes para atingir tal objetivo.

Considerando que você sabe o que quer e não sabe como atingir esse objetivo, aí vão algumas “dicas” (magias) que poderão ser muito proveitosas nessa empreitada:
1) Quando lhe perguntarem como vai, diga: “Cada dia melhor”.

Observação: Algumas pessoas poderão dizer: - Mas, então, eu tenho que me enganar? Na realidade, você não está enganando a si mesmo, e sim atraindo aquilo que diz ser.

2) Trabalhe sempre um pouco mais do que deveria e, assim, vai acumulando “pontos” em algum lugar no “éter” que retornarão para você com juros e correção monetária.

Observação: Quando você trabalha agradecido, na realidade você não trabalha, você se diverte; e diversão é preferência nacional.

3) Não critique ninguém, sejam eles políticos, empresários, patrões, parentes ou mesmo inimigos. A crítica sempre “volta” para o crítico, seja ela positiva ou negativa.

4) Jamais fique “triste” ou “preocupado”. Observação: Nenhum dos dois pagam dívidas.

5) Fale sempre de saúde, prosperidade e felicidade a todas as pessoas que encontrar.

6) Esqueça os erros do passado e prepare-se para melhores realizações no futuro.

7) Seja grande na contrariedade, nobre na raiva, forte no temor e receba alegremente a provação. Lembre-se, a Natureza jamais dá o fardo maior do que você pode aguentar.

8) Tenha tanto entusiasmo e interesse pelo sucesso alheio como pelo seu próprio.

9) Pense sempre no melhor, trabalhe sempre pelo melhor e espere sempre o melhor.

10) Viva na certeza de que o mundo está a seu lado, enquanto lhe dedicar o que há de melhor dentro de si mesmo.

Bem, as “dicas” estão aí e, se você for realmente esperto e quiser ser bem sucedido na vida, siga-as incondicionalmente, pois as mesmas funcionam 100%.
 
Lembre-se sempre que: “Se você continuar a fazer o que sempre fez, com absoluta certeza continuará a ser o que sempre foi”. Você deve sempre se lembrar que o que a Natureza deseja é que você alcance o sucesso. Se muita gente não consegue isso, certamente não será por uma Lei Natural. Na verdade, não há Lei que obrigue a maioria das pessoas a ser negativista, vencida, infeliz, fracassada, limitada de um modo ou de outro, enquanto alguns escolhidos obtêm o sucesso e se tornam líderes brilhantes.

Até a próxima edição...


© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto colaboração: Prof. Carlos Rosa - Ph.D em Patologia Social, Numerólogo Cabalístico e diretor da Academia Brasileira de Numerologia Cabalística - (11) 5584-7378 - www.academiabnc.com.br - Maio de 2015

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
  • Perfil
  • Público alvo
  • Publicidade
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo