Corpo e Mente
Os Sete Raios: sintonias essenciais

Os Sete Raios: sintonias essenciais

A vida atual vem levando os seres humanos a ritmos e a movimentos tão acelerados que até chegam a colocar a própria existência em risco; o dia-a-dia é vivido com agitação, ansiedade, muitas vezes, provocando energias de destruição. Deste modo, é necessário um tempo para parar, pensar, refletir e meditar, de forma a ampliar a compreensão sobre o direcionamento e os objetivos da vida, dos movimentos e dos ritmos internos.

Conforme verificamos no dia-a-dia, os ritmos e os movimentos são baseados na personalidade que quer correr para acompanhar tudo ou para fazer tudo, sem pensar, sem refletir. No entanto, a vida é da alma e a personalidade é o seu veí-culo na existência.

A alma possui ritmos e movimentos que estão em sintonia com o universo, e que podem ser refletidos na personalidade, mas esta bloqueia, barra a ação da alma, por estar mais condicionada aos seus padrões de tempo e espaço, sem um foco adequado para o que de fato interessa a esta passagem da alma pelo plano físico.

Para compreendermos o nosso ritmo e nosso movimento internos precisamos entrar em sintonia com as nossas tônicas internas, aquelas que dizem respeito ao nosso sistema energético, ou as nossas propriedades naturais para nos comunicar-mos com a vida e o universo. Ou seja, nossa alma se expressa dentro de uma tônica específica de comunicação amorosa, dentro da unidade da Luz da Criação. Vida após vida conquistou níveis de experiências que a conduzem a uma tônica es-pecífica de ação entre os sete caminhos evolutivos, ou os sete raios planetários. Em cada encarnação nossa alma procura se aprimorar em sua tônica de ação, através de uma tônica específica de nossa personalidade, que também se expressa em uma das tônicas dos sete raios.

A ação, a força e a manifestação destes raios, da alma e da personalidade, é que nos sintonizam e nos sincronizam, de fato, com o nosso eu superior e a nossa natureza divina. É deste modo que nos sintonizamos com nossos níveis de consciência, com nossos diferentes estados mentais e com nossos sentimentos mais profundos e também os mais naturais. Nossa forma física, com toda sua capacidade psíquica e sensorial precisa estar em sintonia com a alma; e este é um processo básico no caminho de todos os que buscam a Luz, através do qual é possível sentir o impulso na direção de etapas crescentes da evolução divina, dentro desses ritmos e movimentos internos. São eles que criam as possibilidades e as condições reais para uma ação consciente na vida espiritual.

Portanto, é imprescindível conhecer e vivenciar internamente as energias dos sete raios, para melhor sintonizar nossas fre-quências interiores, a vibração adequada da forma, para melhor integrar a ação da alma com a personalidade. Esta integração traz à consciência de que há uma unidade interna entre ambas, que se manifesta através de uma melhor conexão entre a mente e o coração e de um fortalecimento entre os chakras cardíaco e o coronário principalmente. É este o traba-lho que as Energias Crísticas e as energias de Deus-Mãe estão realizando dentro de nós, criando uma sincronização rítmica para conseguirmos voltar ao ritmo, ao movimento do nosso ser, ao ritmo da nossa Unidade Divina.

A Unidade é uma vivência interna consciente de coesão entre os ritmos e os movimentos que criam o Verbo. O Verbo se expressa na ação. Consciente, um discípulo aprende a trabalhar-se em direção a contínuas transformações de suas emoções, de seus pensamentos, para trazer à tona os verdadeiros princípios que regem seus sentimentos e sua alma. Daí, o discípulo caminha com a capacidade de viver o presente e de reconhecer os sinais que a alma envia diariamente, abrindo no-vos horizontes para uma experiência de vida cada vez mais gratificante e enriquecedora. Um dos objetivos da alma é renovar e inovar a experiência de viver a vida. Os novos passos, ou um novo caminho, só podem surgir dos processos de transformação e de transmutação do velho caminho e dos velhos passos. O movimento expansivo é um resultado dos processos transformativos, transmutativos e unificadores. Somente através da unidade das energias da forma com as energias da alma, é possível uma expansão espiritual.

Quando trabalhamos com os Mestres Espirituais, sua ação é de nos situar dentro destes ritmos e movimentos internos, para que a alma consiga expandir suas energias, movimentar-se e dinamizar a unidade crística.

Os nossos Mestres espirituais alimentam energeticamente nosso Santuário Interno para que as energias crísticas nos libertem e para que as energias de Deus-Mãe nos movimentem para a transformação, a transmutação e a renovação constantes.

Por isto, nossa linguagem se transforma, nossos sentimentos se tornam mais claros, à medida que trabalhamos ativamente e constantemente com os nossos Mestres.

Quando há esta união interna com o Mestre espiritual, a alma auxilia na purificação dos corpos da forma, na transformação das energias mais densas e mais lentas da personalidade, assim como na diluição das distorções e das ilusões da mente inferior.

É importante aprofundar esta experiência com nossos raios de alma e de personalidade, conhecê-los e vivenciá-los para, através da experiência, trilhar nosso caminho evolutivo com passos firmes dentro do nosso ritmo e do nosso movimento energético espiritual. Só assim conseguiremos dinamizar a ação da alma. Jamais podemos considerar que conhecemos to-talmente o nosso raio de alma ou o raio da personalidade, porque eles também estão sempre evoluindo; nunca é demais vivenciar seus ritmos e movimentos. Temos de estar sempre avançando, na vivência e na experiência dos raios através dos quais estamos evoluindo.

O raio da personalidade é muito importante para a alma, já que através dele a alma pretende executar suas ações nesta existência humana e colher seus aprendizados. Não pode haver preconceito nem discriminação em relação aos raios energéticos espirituais que trouxemos para vivenciar nesta vida. Quando passamos a conhecê-los melhor e nos aprofundamos espiritualmente nas experiências que nos trazem, nos identificamos com suas tônicas e com suas energias. Seus ritmos e seus movimentos nos são familiares porque dizem respeito à natureza do nosso ser mais íntimo e mais profundo. Isto nos eleva e ao mesmo tempo nos humaniza ainda mais.

Somos um universo riquíssimo! Não podemos nos limitar, nem nos prendermos a medidas limitadas, restritas e impostas, ou a fórmulas e padrões estabelecidos pelos seres humanos.

Devemos tentar avançar, sempre! Todos os passos só nos preparam para passos maiores, todas as conquistas são menores em relação àquelas que ainda iremos atingir. Temos de estar sempre voltados para os horizontes da alma e do espírito, vislumbrar este sol que está na alma e no espírito, caminhar em direção a eles.

Quanto mais nos aproximarmos desta força, que está na alma e no espírito, mais nos identificaremos com as energias que Deus-Pai e Deus-Mãe nos doam para evoluirmos, para recriarmos a vida e nossa própria evolução.

Através dos nossos raios, nos identificaremos com a realidade desta vida uma e universal e com a verdade que está dentro de nós.

Cada experiência com os nossos raios liberta uma parte da ação da alma, mesmo que seja uma pequenina gota da força que esta ação pode movimentar na personalidade.

Sem vivência, sem experiência, é inútil falar das energias, dos raios e de suas tônicas.

As energias crísticas e as energias de Deus-Mãe estão favorecendo uma união maior entre a forma física, astral e mental com a alma, entre a consciência, a mente e o corpo e o sentimento, entre os chakras cardíaco e coronário; multiplicando assim as unidades menores, para criar unidades maiores dentro de cada ser, dentro de todos nós.

É assim que teremos cada vez melhores condições para retornarmos aos nossos ritmos e movimentos internos, e de resga-tarmos nossa unidade divina com todos os nossos irmãos e irmãos desta humanidade, quer estejam encarnados ou desencarnados.

 Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto de Henrique E. Rosa e Lourdes S. E. Rosa - Coordenadores da Escola da Síntese - www.portaldasintese.com.br - www.facebook.com/PortalDaSintese - (11) 4777-9870 - Novembro 2015

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo