Corpo e Mente
Hatha Yóga para mulheres muito especiais

Hatha Yóga para mulheres muito especiais

Hatha Yóga Clássico VIII



No capítulo anterior, abordei como as práticas suaves e consistentes do Hatha Yóga, podem ajudar qualquer pessoa, sob qualquer condição a eliminar o estresse do organismo e recuperar integralmente sua saúde. Neste novo capítulo, frente a um mundo em plena transformação, onde as pessoas enfrentam certas dificuldades e tem que superar as mesmas, sob as mais diferentes circunstâncias e condições, após muito refletir, decidi abordar o Hatha Yóga mas com uma mensagem direcionada especificamente para as mulheres. Pois, a despeito de toda uma batalha na vida cotidiana, elas ainda trabalham, estudam, cuidam da casa, muitas cuidam da família, outras cuidam de filhos. E tudo isto, fez com que o ônus de responsabilidade das mulheres ao longo dos últimos anos, se tornasse - de certa forma - mais carregado do que o dos homens. E não dá para contestarmos tal fato. Portanto, a ideia refletida neste novo capítulo, é a de uma abordagem que traga não só um alento de luz e de paz para as mulheres, mas por outro lado, de algumas possibilidades concretas de orientações.

Sobre a mulher e o trabalho

É fato que no mundo todo, a grande maioria das mulheres se profissionalizou com muito esforço e sacrifícios e neste contexto, esta maioria hoje trabalha nos mais diferentes ramos de atividades da indústria, do comércio, dos serviços. E estas mulheres - em grande parte - tornaram-se independentes, governando suas vidas e suas legítimas necessidades. Felizmente, elas deixaram de ser dependentes do dinheiro dos pais ou de outra fonte. Todavia, ainda falta um guia, um sério roteiro de orientações para as mulheres, no sentido das mesmas pouparem, guardarem parte do dinheiro que ganham, com vistas a construírem um futuro mais seguro e sereno. Então, será que não é hora da mulher pensar mais no amanhã e economizar um pouco? Será que não é hora da mulher, economizar com vistas ao seu amanhã? Será que não é hora da mulher se preocupar um pouco mais consigo e direcionar seus recursos para construir um patrimônio? Inclusive ainda, para que desta forma, ela também possa cuidar melhor da sua saúde, da sua autoestima, dos seus sentimentos, das suas emoções? Pois observamos que todos estes valores ficam meio esquecidos, em um mundo onde a mensagem geral é sempre o consumo. Em um mundo onde a mensagem geral, não aborda sentimentos com seriedade e profundidade. Em um mundo onde a mensagem geral, não aborda a saúde feminina, seja a interior ou a exterior. Onde só se trata de superficialidades e futilidades. E isto, da forma massiva como é feita, desvia a visão da mulher do seu próprio centro. Das suas verdadeiras necessidades. E dentro desta perspectiva, fica mais difícil ainda a mulher olhar para si mesma, ou para o seu interior.

O que aprender de útil com o Hatha Yóga

Não vou ficar dando fórmulas tolas ou falaciosas, pois o caminho é outro. Aliás, nem acredito num monte de coisas. Mas no silêncio e na harmonia das práticas, há três coisas que podem trazer grandes benefícios às mulheres;

1º) Observar
2º) Se preservar
3º) Silenciar

Pois não dá para a mulher se expor no mundo atual, onde falsos valores e falsos conceitos são pregados na sociedade como necessários e até como verdadeiros. E sob este aspecto, a mulher tem que buscar sempre manter seu equilíbrio emocional, nervoso e psicológico. A este respeito, nas práticas do Hatha Yóga, orienta-se que se respire fundo e só pelas narinas, para se conseguir tal equilíbrio. Sob qualquer circunstância ou situação. Também se orienta que a cada dia, se feche os olhos e mantenha-se em silêncio por um certo tempo. Não importa se pela manhã, durante o dia ou à noite. Esse é o caminho da paz e do equilíbrio interior ensinado no Hatha Yóga.

Outros ensinamentos do mesmo para as mulheres

- Comer para viver e não viver para comer,
- Se espreguiçar longamente ao acordar, antes de almoçar, antes de jantar (se jantar) e antes de dormir,
- Se alongar alegremente todos os dias, pelo menos umas duas ou três vezes,
- Relaxar serenamente todas as noites antes de dormir, ou em qualquer outro momento necessário,
- Evitar tensões ou rigidez sob situações difíceis, manter a calma ou ir beber água, para só após tomar decisões ou dar respostas de qualquer natureza,
- Tudo isso é fundamental para se manter a suavidade e o equilíbrio interior,
- E mais, o Hatha Yóga ensina que temos que ter fé e sabermos nos adaptarmos a tudo o que nos rodeia, mas sem nunca perdermos a consciência da nossa essência interior,
- Jamais trocarmos o “Ser” pelo “Ter”. E quando as coisas não estiverem bem, o ideal é fechar os olhos, respirar fundo - só pelas narinas - e ouvir a voz interior.
- Ah, e também vale chorar! Sim, é bom, muito bom, mas não na frente dos outros. Pois tem gente que não entende ou não respeita o sentimento ou a dor alheia.
- Também não se esqueça de sorrir, cantar, ler, caminhar bastante, pedalar, pular cordas e soltar puns.
- Todavia, ficar assistindo porcarias na TV, não vale...a não ser, se for um bom filme, um documentário...
- E não esqueça das pessoas que você ama! Um telefonema, uma mensagem, uma visita, uma palavra sincera de carinho é mais, muito mais especial, que qualquer presente caro e careta.
- Ah, para eu??? Você pode dedicar-me um pensamento ou um sentimento muito especial, cheio de delicadas e coloridas flores, cheio de estrelas cintilantes em um céu com uma grande lua prateada sorrindo para você mulher! Onde seu coração possa se expandir cheio de graça e de glória, mesmo que só no seu interior.
- Pois na verdade, escrevi esta mensagem observando você, pensando em você, tentando entender você. E em como melhorar o mundo feminino. Pois se ele estiver bem, também estará o mundo masculino!

Namaste!

Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook - clique aqui

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto colaboração de Claudio Duarte - Doutor em Yóga, Delhi/Índia - Fundador da Universidade Aberta de Yóga - Unesco member / PACY member – (11) 3288-8860 - Janeiro 2016

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo