Corpo e Mente
Hatha Yóga e o poder feminino

Hatha Yóga e o poder feminino

Hatha Yóga Clássico XIII



Na edição anterior, abordei de que forma muitas empresas e mesmo parte da mídia, direcionam informações, de tal forma que grande parte da sociedade, se torne dependente de produtos, de bens ou mesmo de uma imagem falsa e desnecessária. Tipo, você pode ou deve ser assim e não como você é. Você pode ou deve consumir isto ou aquilo, mesmo todos sabendo que isto ou aquilo é apenas mero consumismo de coisas inúteis ou desnecessárias. Você precisa adquirir tal coisa, mesmo todos sabendo que aquela tal coisa é uma grande porcaria e não serve para nada. A não ser para ocupar espaço. Você precisa beber isto ou comer aquilo, mesmo que tais produtos, sejam somente produtos químicos - e às vezes, até tóxicos - que em nada ajudarão no seu bem-estar e na sua saúde. Abordam também sua imagem pessoal, inferindo que ela pode ser melhorada, quando na verdade, esta é a sua imagem verdadeira. Por conta disto, muitas pessoas sucumbem à manipulação da ilusão, dos sonhos e até permitem que comprometam sua autoestima. Daí o conteúdo do capítulo anterior, ser todo voltado para a sua autodefesa e a sua proteção.

Bem, nesta edição - especificamente - vou abordar com muito carinho, a beleza, a saúde e a força interior da mulher. E, como a mesma, de forma simples e fácil, pode tratar da sua beleza, da sua saúde e da sua autoestima através das práticas alegres e divertidas do Hatha Yóga.

Pois já basta a correria do dia-a-dia, o excesso de atividades, as responsabilidades normais e anormais que tiram da mulher, parte do seu direito de viver, de amar e ser feliz, coisas que por sinal são tão intimas e especiais para ela.

A beleza e a saúde da mulher

É importante frisar que o Hatha Yóga, é um sistema integral de técnicas voltadas para o reequilíbrio somatológico, especialmente o emocional, o nervoso e o psicológico, que renovam e rejuvenescem todo o organismo, fortalecendo e estimulando a estrutura eletro glandular hormonal e refletindo em beleza, saúde e vigor no mesmo, na pele, no cabelo e no corpo como um todo. Na flexibilidade da coluna e medula, tornando a mulher mais ágil, mais esguia e mais graciosa. A prática regular do Hatha Yóga, traz leveza, jovialidade e mais beleza exterior e interior a qualquer mulher, de qualquer idade e a qualquer tempo.

Além de tudo isso, os benefícios advindos das práticas do Hatha Yóga, através dos seus ótimos resultados eletro somatológicos, ainda vão refletir-se no fortalecimento e reequilíbrio do aparelho cardiorrespiratório, fazendo o coração e suas glândulas funcionarem muito melhor, fazendo os pulmões lançarem mais sangue limpo em todo o organismo, melhorando a respiração e a circulação sanguínea, linfática, plasmática, sinovial e dos liquores. Contribuindo para que o aparelho digestivo e, em especial o estômago, realize a digestão com mais facilidade, o que por sua vez irá se refletir no aparelho intestinal, que, todavia, passará a funcionar muito melhor. E por fim, ainda agirá beneficamente no trato urinário, ajudando o mesmo a eliminar seus líquidos com maior fluidez.

E toda e qualquer mulher, quer e merece ter esta saúde, pois a mulher é a flor divina do Jardim do Eden, a flor que embeleza e traz a vida, o amor e a felicidade, o carinho e a alegria. Mas como conseguir tudo isto?

Bem, para que isto aconteça, antes de tudo é preciso aprender a relaxar. Então, aqui - com muito carinho - vou ensinar as mulheres não só a relaxar, contudo, algumas técnicas e exercícios simples e fáceis do Hatha Yóga, que tanto podem ser realizados em um instituto, uma escola ou em casa. Mas lembrem-se sempre, bom senso, ponderação e moderação vão lhes ajudar muito nesta jornada de prazer, saúde e bem-estar.

Os exercícios simples:

1º) Na sua casa, no instituto ou na escola de Hatha Yóga, escolha um lugar só seu, tão especial quanto o amor no seu coração.

Ali, devagar, deite-se de costas no chão, com os braços e as pernas ao longo do corpo, mas não encolhidos. Feche os olhos e inspire e expire tão somente pelas narinas. Libere tensões internas e externas por completo. Apenas relaxe e nada mais. Esqueça as atividades do cotidiano por uns bons momentos. Libere-se de pensamentos incômodos ou desnecessários. E aos poucos vá liberando serenidade no seu interior e exterior. Mas também, alegria, prazer e felicidade, de tal forma que todos possam sentir ao lhe observar.
 
2º) Depois de um bom tempo, você, languidamente irá se espreguiçar.

Faça os movimentos de dentro para fora, do interior para o exterior, com naturalidade e espontaneidade. Não tenha pressa, e se quiser, pode voltar ao relaxamento de novo. Mantenha a inspiração e a expiração - devagar - só pelas narinas. Nada deve ser forçado, e cada atitude deve ser lúdica e natural.

3º) Agora, siga o ritmo da sua natureza interior e feminina, com muita graciosidade.

A seguir, você irá encolher uma das pernas sobre o abdômen ou a barriga. E, com ambos os braços e mãos, irá abraça-la e se balançar lentamente para os lados. Mas respeite suas possibilidades e capacidades. Chegue até onde for possível. Então solte essa perna e repita o mesmo movimento com a outra. Mas evite tensão, rigidez ou força física. Quando for parar este balanço, deitada de costas no solo, por mais algum instante volte a relaxar. Só isto e nada mais.

4º) Deixe sua prática fluir serenamente. Apenas siga o fluxo das suas energias.

Agora, você irá encolher as duas pernas sobre a barriga e o abdômen, abraça-las e segura-las sem força, com ambos os braços e mãos. Permaneça assim em silêncio por um bom tempo, apenas ouvindo a música suave e amorosa que emana do seu interior. Não tenha pressa, procure só usufruir desta realidade interior e transforme-a em um bálsamo para o seu cotidiano.

Após, respeitando suas possibilidades e capacidades, ainda segurando as pernas, você irá rolar para os lados, em semicírculos - em ângulos de 180 graus - e fará um balanço mesmo, para a esquerda e para a direita.  Todavia, devagar, com movimentos calmos e tranquilos, sem usar força física ou tensão. Apenas o balanço da sua própria força e natureza interior de mulher.  Inspire para um lado do movimento de meio círculo e expire para o outro lado do movimento, reequilibrando e fortalecendo todo o seu processo emocional, seu aparelho respiratório, com pulmões e coração.

5°) Escrevi tudo isto, pensando especialmente em você!

Pois, você pode e deve realizar esta série de exercícios do Hatha Yóga, no mínimo três vezes por semana, pelo menos durante uma hora. Podendo ser pela manhã, à tarde ou à noite, pois todos os horários são bons. Mas lembre-se, não pode estar de estômago cheio. E se for o caso, vá à toalete e esvazie a bexiga. E mais, siga todas as orientações carinhosas que dei aqui, pois elas são muito importantes e preciosas para a sua vida, sua beleza e sua saúde. Depois? Bem depois é só alegria e felicidades!!!

Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook - clique aqui

 Você já leu a edição deste mês do Jornal O Legado? Clique aqui para ler

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto colaboração de Claudio Duarte - Doutor em Yóga, Delhi/Índia - Fundador da Universidade Aberta de Yóga - Unesco member / PACY member – (11) 3288-8860 - Jornal O Legado - Junho 2016

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo