Corpo e Mente
O Hatha Yóga, a coluna e a medula espinal elétricas - Parte XV

O Hatha Yóga, a coluna e a medula espinal elétricas - Parte XV



No Capítulo XIV, abordei de forma sistemática, aspectos desconhecidos - popularmente falando, não em sentido científico - dos hemisférios cerebrais, parte do funcionamento dos mesmos, e os possíveis benefícios que as práticas constantes do Hatha Yóga, de forma metodológica e didática podem trazer para o cérebro. Explicitei detalhes dos procedimentos de práticas e quais as melhores opções para se obter com ponderação reais benefícios.

Neste Capítulo XV, vou abordar alguns aspectos interessantes sobre outra estrutura de exceção dentro da eletro anatomia do corpo das pessoas, e que também tem uma relevância fundamental na saúde eletro somatológica - emocional, nervosa e psicológica - e na própria vida das pessoas.

Esta estrutura é a coluna eletro vertebral, que é revestida pelos 32 pares de eletro neuro-raquidianos e eletro raquidianos do Sistema Nervoso Central, cuja sigla é SNC, e que também é uma estrutura que funciona completamente por meio de energia elétrica e às vezes, por meio de energia ou impulsos eletromagnéticos, que movem os Neurônios e os Axônios ao longo da coluna e da medula e de todos os outros aparelhos internos de um corpo e ainda, a parte da pele conhecida como epiderme, derme, córtico e ectoderma. Esta última grande estrutura - a pele - tão importante como todas as outras, e que reveste o eletro esqueleto e as partes flexíveis ou eletro musculares internas, além dos conjuntos de eletro aparelhos, com toda a sua complexidade quântica.

O que é desconhecido sobre a coluna e a medula elétricas

Um dos pontos importantes sobre a eletro anatomia das mesmas, é que elas funcionam através de pulsos ou impulsos, ou ainda, por meio de vibrações elétricas, da mesma forma que todo o conjunto estrutural chamado corpo. Independente até mesmo da fantástica visão da EPIGENÉTICA, com todos os seus avanços necessários, nunca podemos olvidar, que neste planeta, neste sistema solar, nesta galáxia, na Via Láctea e em todo este universo local, a priori, vivemos imersos em quatro grandes forças. Vivemos dentro de um magistral Universo Quântico ou Universo de Partículas de Luz, composto pelo (1) o campo eletrofraco, (2) o campo eletromagnético, (3) o campo fraco e (4) o campo gravitacional, sem esquecermos o campo (5) que ainda não foi identificado e a própria antimatéria quântica. Daí ficar mais fácil entender e aceitar que tudo fora de nós e dentro de nós, é regido por estas forças quânticas e fenomenológicas. Dito isto, podemos retornar ao foco deste capítulo, reafirmando que tanto a coluna vertebral quanto a medula espinal, são estruturas de transmissão de memórias, regidas por energia elétrica e pelas outras energias fundamentais. E todos os movimentos delas, quando elas são ou estão saudáveis, são regidos pela harmonia das forças destes campos quânticos primordiais.

Uma outra visão da coluna e da medula, ou facilitando a compreensão de ambas

A coluna eletro vertebral junto com a medula eletro espinal, formam o sustentáculo principal de toda a formação eletro corpórea. Caso elas venham a sofrer algum problema, todo o corpo se ressentirá e os efeitos serão negativos em todos os níveis. Daí a necessidade de uma coluna e uma medula plenamente saudáveis e capazes, flexíveis, elásticas e em ótima forma. E para que isto seja possível, é necessário uma série de cuidados básicos com ambas. É através do extremo ponto superior da nossa coluna e medula - formado por uma estrutura dupla, sendo o cérebro eletro espinal e a medula eletro oblongata - e dos neuro-raquidianos do SNC que as transmissões eletro cerebrais, são emitidas e recebidas - para todos os extremos do corpo, em coordenação com o Sistema Terminal Periférico - e por meio de funções eletro neurológicas se transformam em novas estruturas. Daí advém a Coordenação Fina, psicomotora, neuro-motora, locomotora e motora que, por meio do Sistema Límbico, do Sistema Límbico profundo, do Singulo reticulado e dos Gânglios basais geram os pensamentos, as emoções, os movimentos e os hábitos ou os vícios, com toda a sua harmonia e plenitude. E ainda, as funções eletro cinesiológicas, as eletrofisiológicas e as eletro anatômicas. Inclusive, sem as propriedades características dessas funções magnas, um corpo pode ficar semiparalisado ou até inválido.

Como se estrutura a coluna eletro vertebral?

Na composição e na estruturação da mesma, há nervos eletro cervicais, eletro dorsais, eletro lombares, eletro sacros e eletro coccígeos, próximos ao cóccix. Há também outro suporte formador, que são as vértebras, em número de 32 ou 33, intercaladas por discos eletro cartilaginosos que, formam sua proto base e lhe dão as funções interlocutoras.

a) As sete primeiras vértebras superiores, são chamadas cervicais.
b) As onze ou doze que as seguem, denominam-se dorsais.
c) As outras cinco lombares.
d) e as finais, sacro e cóccix, completando-se assim o sistema eletro nervoso cérebro-espinhal, estruturado em um superior parassimpático (composto pela parte de cima) e parassimpático pélvico (formado na parte inferior da coluna).

O sistema eletro nervoso cérebro-espinhal, tem funções e atribuições especiais, de acordo com a região determinada:

- As sete vértebras cervicais, que formam parte do pescoço, por exemplo, realizam o trabalho ou função de interligação do cérebro com o diafragma.  
- As seis vértebras dorsais superiores, fazem o trabalho de interligação e desenvolvimento do sistema eletro cardíaco e eletro hepático.
- As seis vértebras dorsais inferiores, fazem o trabalho de interligação e de desenvolvimento do sistema eletro respiratório.
- As cinco vértebras lombares e a própria região do sacro, realizam o trabalho de ativação e desenvolvimento dos eletro-órgãos abdominais e sistema eletro-urogenital.

O cóccix é o terminal eletro nervoso da coluna e, o ponto de equilíbrio inferior de todo o sistema, servindo ainda como um descarregador de diferentes energias acumuladas ou, como um fio terra.

Das possibilidades

Para se manter saudável esta estrutura delicada e complexa, há uma série de possibilidades, e uma delas é a prática do Hatha Yóga. Que inclusive serve para evitar disfunções orgânicas na mesma e evitar problemas em todas as suas regiões. Disfunções estas e problemas que podemos chamar de doenças.

Contudo, esta outra abordagem ficará para o Capítulo XVI, onde poderemos não só esclarecer como as mesmas podem surgir e como podem ser sanadas por meio de práticas específicas - e sem contraindicações - do Hatha Yóga sendo que estão ao alcance de qualquer pessoa que necessitar lançar mãos das mesmas. Desde que orientadas por um bom Professor, ou em um instituto especializado em Yóga ou por meio de orientações personalizadas. E mesmo que acompanhadas por outros tipos de tratamentos adequados.


Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook - clique aqui


Você já leu a edição deste mês do Jornal O Legado? Clique aqui para ler



© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto colaboração de Claudio Duarte - Doutor em Yóga, Delhi/Índia - Fundador da Universidade Aberta de Yóga - Unesco member / PACY member – (11) 3288-8860 - Jornal O Legado - Agosto 2016

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo