Corpo e Mente
Hatha Yóga, ainda sobre as dores e o mundo moderno

Hatha Yóga, ainda sobre as dores e o mundo moderno

Hatha Yóga Clássico XXI



No capítulo anterior, abordei como a L.E.R., lesões por movimentos ou exercícios repetitivos, pode gerar dores e doenças nas mais diferentes partes do corpo, afetando não só o organismo, todavia a própria eletro somatologia emocional, nervosa e psicológica. Como tais problemas, com o passar do tempo, se não forem devidamente tratados e eliminados, podem agravar-se chegando a gerar depressões, síndromes, diabetes, doenças neurológicas e outras do mesmo nível.

Nesta continuação, quero aprofundar um pouco mais a abordagem, indo mais além e discorrendo sobre a falta de visão da sociedade sobre o que tudo isto significa e como isto afeta tanto a individualidade quanto a coletividade.

Refletindo sobre o “mundo moderno”

Neste ilusório mundo moderno, a multidão busca algo sensacional, algo inédito ou mesmo redentor em sua fuga da solidão, da angústia e em direção ao nada, ao fútil e ao vazio interior. E nesta busca sem tréguas, mais e mais os seres chamados humanos e tão desumanizados, se enveredam pelos caminhos da pseudo tecnologia, inclusive a de informação, que no fundo a nada conduz a não ser a um sistema consumista selvagem, laureado pelo seu principal troféu que são os bens de consumo, em especial os desnecessários.

Onde para qualquer problema, para qualquer minúscula tristeza ou pequena doença mito, o ser humano entra em uma grande drogaria - lugar onde vendem drogas - ou em uma grande loja ou supermercado industrializado e massificado e, adquire uma pseuda solução material para os seus males menores. Na maioria das vezes, enganando a si próprio e o que é pior, esquecendo-se de sua poderosa força interior que possivelmente ainda é o único bem que lhe resta. E que pode ser utilizado em qualquer situação e sob qualquer circunstância. Já que o verdadeiro mal é muito maior, invisível e visível, material e sutil.

O que está acontecendo é que o ser humano, no seu afã de egoísmo, de apego, de grandeza e de grandes “conquistas” acabou deixando para trás seus verdadeiros valores, seus verdadeiros ideais e mesmo sua visão espiritual e profunda. Também abandonou práticas e costumes milenares que poderiam continuar lhe conduzindo pelos caminhos da luz. E para se realizar o resgate interior de todos estes valores, é preciso superar fortemente a procrastinação, a resistência cerebral e a resistência interior. É preciso realizar um forte conjunto de movimentos internos e externos, no sentido de voltar à sua essência pura e espiritual. mesmo que tais movimentos - no princípio - sejam difíceis ou até mesmo dolorosos. Contudo, sem antes haver uma tomada de consciência tanto individual quanto coletiva, as mudanças interiores e exteriores necessárias não vão ocorrer. E tudo o que está posto aí, só tende a se degenerar mais e mais, a se corromper mais e mais. E a se tornar uma tremenda podridão humana que fede coletivamente, mesmo que alguns ou muitos se insurjam contra esta bizarra realidade.

Todavia, isto não significa que não haja opções positivas de mudanças, que não haja reais possibilidades. E parte delas, são os cuidados com a somatologia emocional, nervosa e psicológica e os cuidados com o corpo, com o organismo, com a saúde e o bem-estar, mas sem conhecer o lado oposto, não se saberá com combates seus aspectos. Por isso, vamos aprofundar os esclarecimentos sobre as lesões por movimentos ou até por exercícios repetitivos, sejam estes advindos do sedentarismo, de trabalhos - profissionais - exaustivos e escravizantes ou de exercícios repetitivos realizados a exaustão e sem necessidade de exageros.

Falando sobre as dores que as pessoas têm, mas que desconhecem as origens

Embora devesse haver, não há no país, estatísticas sobre o número de pessoas que tenham doenças advindas de dores, das mais diferentes naturezas, mas em especial dores geradas por lesões advindas de movimentos repetitivos. Em especial, nos ambientes de trabalho e em regimes de exaustão, seja de carga horária, seja de produtividade, seja em ambientes administrativos, seja em ambientes fabris, inclusive quando oriundas de exigências de alta produtividade, mas com falta de pessoas suficientes para realiza-los. Este é um dos assuntos delicados que ficam submersos no desemprego ou mesmo no medo de se perder um emprego, que quando mal administrado por uma organização, pode gerar um grande número de pessoas com problemas - que com o passar do tempo - tornam-se doenças. Portanto é da maior importância não só esclarecimentos a este respeito, quanto mais a divulgação constante de tudo o que isto envolve em relação à saúde e ao bem-estar, ou em relação às doenças e graves problemas crônicos, muitas vezes até sem cura após longo tempo de predominância.

Conhecendo melhor alguns mecanismos legais de prevenção da saúde

Em relação a mecanismos legais de prevenção e manutenção da saúde, podemos citar a Norma Regulamentadora 17, da Associação Brasileira de Normas Técnicas, que é um órgão federal legislador, cuja NR 17 aborda questões relacionadas às condições dos ambientes de trabalho e à ergonomia em tais ambientes. Trata sobre os parâmetros necessários, que permitam às pessoas trabalhar em condições saudáveis, com boa segurança e bom desempenho. E a NR 17, é aplicável a qualquer categoria profissional, de qualquer área.

- Entre os parâmetros normativos obrigatórios estabelecidos pela NR 17, vamos encontrar:

a) É proibido qualquer tipo de incentivo à produtividade - seja em escritórios, fábricas ou prestadoras de serviços - que não leve em conta os seus reflexos, sobre a saúde das pessoas,

b) As empresas - de qualquer natureza - devem realizar análise ergonômica do trabalho e do ambiente de trabalho, detectando e corrigindo qualquer situação inadequada,

c) Mesas, cadeiras, bancadas, suportes e outros objetos nos ambientes de trabalho, devem ser sempre ajustáveis,

d) Uma tela de computador deve ser móvel, possibilitando ângulos adequados de visibilidade e protegendo a visão do usuário contra reflexos ou distorções. A NR 17 é mais extensa e pode ser consultada no próprio site da ABNT.

- Entre alguns dos parâmetros normativos obrigatórios estabelecidos pela NR 9, vamos encontrar:
a) Grupo IV - trata dos agentes ergonômicos: ritmo excessivo de trabalho, trabalho físico pesado, trabalho em turnos diurnos ou noturno, etc.

- Entre alguns dos parâmetros normativos obrigatórios estabelecidos pela NR 7, vamos encontrar:

a) Em caso de mudança de função, seja por qual motivo for, o exame médico deve ser realizado obrigatoriamente antes de tal mudança.

b) Profissionais que ficarem afastados do trabalho, por período igual ou superior a trinta dias, por motivo de doença, acidente (em trabalho ou não) ou mesmo parto, devem ser submetidos obrigatoriamente a exame médico, no primeiro dia de retorno ao trabalho.

Há outras normas regulamentadoras - NR - por exemplo a NR 4 e a NR 5, que também tratam de situações correlatas ao ambiente de trabalho, relacionando parâmetros obrigatórios para os mesmos, porém, observamos que este tipo de informação legal e fundamental não chega à sociedade. E em geral, muitas pessoas sofrem lesões das mais diferentes espécies ou natureza, pelo simples fato de desconhecerem a existência de tais normas e tais parâmetros. Contudo, além disto, por desconhecerem caminhos de prevenção ou mesmo técnicas ou exercícios que podem prevenir contra tais possibilidades. Por exemplo, exercícios ergonômicos simples e fáceis do Hatha Yóga, que podem não só agir como preventivos contra lesões por movimentos ou exercícios repetitivos, mas também como preventivos contra desequilíbrios emocionais, nervosos ou psicológicos. E, em diversos capítulos anteriores a este, há muitas orientações específicas a este respeito e também exercícios detalhados.


Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook - clique aqui  

Você já leu a edição deste mês do Jornal O Legado? Clique aqui para ler

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto colaboração de Claudio Duarte - Doutor em Yóga, Delhi/Índia - Fundador da Universidade Aberta de Yóga - Unesco member / PACY member – (11) 3288-8860

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo