Corpo e Mente
Como evitar a desnutrição na terceira idade

Como evitar a desnutrição na terceira idade



Nutricionista destaca alimentos e hábitos para melhorar a qualidade de vida de idosos



Uma série de mudanças fisiológicas ocorrem em nosso corpo à medida que vamos envelhecendo. A estrutura orgânica, a absorção de nutrientes e o apetite, por exemplo, passam por uma série de mudanças. É normal que suas atividades entrem em perda e o ritmo de funcionamento biológico não superem os ritmos de desnutrição. A situação nutricional da população idosa do Brasil apresenta 15,9% de baixo peso. E a principal causa dessa desnutrição está na falta de ingestão de nutrientes necessários para o desenvolvimento das funções corpóreas.

A nutricionista Tathiana Ferreira explica que, à medida que a idade vai aumentando, as necessidades energéticas diminuem. No entanto, a necessidade dos nutrientes aumenta. Por esse fato, é muito importante priorizar alimentos de alto valor nutricional. “É comum que idosos deixem de comer alimentos sólidos e passem a comer os mais pastosos. Mesmo nessa fase, é importante dentro de uma dieta balanceada, trabalhar a mastigação, aliada a alimentos saudáveis”, comenta a nutricionista.

Dentre os problemas mais comuns em idosos, relacionados a uma alimentação mal estruturada, estão: a obesidade com atrofia da massa magra, diabetes, hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, insuficiência digestiva e osteoporose.

Um importante aliado contra essa desnutrição é a vitamina C. De acordo com a nutricionista, a vitamina C é indispensável na prevenção de doenças cardiovasculares na terceira idade. Segundo um estudo realizado por 12 anos com idosos de 60 a 101 anos, a mortalidade causada por doenças cardiovasculares é menor naqueles que ingerem frequentemente vitamina C, encontrada nas frutas como morango, laranja e limão.

As doenças vasculares, diabetes e distúrbios gastrointestinais estão ligados à falta de vitamina A. E ela pode ser encontrada em alimentos como peixes, vegetais, frutas, fígado, leite integral”, esclarece Tathiana, que acrescenta: “A vitamina E também é fundamental contra a aterosclerose. Essa vitamina está presente em cereais, verduras e legumes verdes, frutas secas, sementes e óleo vegetal”, explica ela.

Um ponto importante para melhorar a nutrição e a qualidade de vida dos idosos está em estabelecer horários regulares para as refeições. “O idoso precisa de maior conforto e esse ajuste de horário ajuda a fornecer maior apetite, como também energia e nutrientes”, comenta Tathiana. A nutricionista ainda ressalta que é necessário consumir bastante água para evitar a desidratação e problemas renais. “Alguns idosos, devido à incontinência urinária, não desejam beber líquidos ou não sentem sede. É fundamental que eles se hidratem constantemente”, alerta a nutricionista, que também destaca que a prática de atividade física na terceira idade ajuda muito.

É indispensável, em todas as fases da vida, consumir alimentos de variados grupos e na consistência adequada; na terceira idade não é diferente. Com uma alimentação balanceada, a nutrição estará presente e o idoso terá uma saúde tranquila.


Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook - clique aqui  

Você já leu a edição deste mês do Jornal O Legado? Clique aqui para ler

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2017
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto de Toda Comum. – Fonte: Tathiana Ferreira – Nutricionista - Fone e zap: (21) 9 9477-3627 - thatyvieiranutri@gmail.com - https://www.facebook.com/drathatiana.ferreira?fref=ts - Jornal O Legado - Abril 2017

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
  • Perfil
  • Público alvo
  • Publicidade
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo