Corpo e Mente
Outono... Inverno... E os recados da alma

Outono... Inverno... E os recados da alma



O frio de repente acontece. Nestes dias quase sempre tão quentes e “exageradamente ensolarados” e transformam bastante as emoções, nos deixam mais sensíveis, e principalmente mais introvertidos, ainda que às vezes desejosos de companhia, amor, carinho... São tendências contraditórias, em quase todas elas, pode surgir o desejo de entender melhor o espírito que nos governa e a alma com todas as suas profundezas ainda tão insondáveis para cada um de nós.

Seja lá como for, “mostrar o corpo”, especialmente se for do tipo “sarado”, nada de barriguinha ou gordurinhas... isto tudo vai ficar abandonado, não tem como com o frio, aquele vento cortante de Outono, noites mais frias que bebidas alcoólicas conseguem aquecer. Talvez elas não aqueçam o frio interior, o vazio às vezes gélido que nossos corações tentam esconder, disfarçar... quem sabe até mesmo resolver.

A alma aproveita a chance, para enviar seus recados, sugestões, intuições... às vezes uma espécie de cobrança, sem culpas de preferência. Afinal, o que é mesmo que viemos fazer aqui neste mundo? Neste país tão difícil, conturbado, injusto, desonesto, mentiroso, repleto de ambições, crimes e roubos por todos os lados. Porque estamos aqui? Qual seria, ou qual está sendo, a nossa contribuição?

Nossas famílias têm suas dificuldades. E como! Será que estamos mesmo conseguindo enfrentá-las? Estas noites frias que podem trazer o aconchego da família, um pouco mais unida e harmoniosa, na sala de televisão, com ou sem lareira.... Será que está acontecendo com outros familiares, mais distantes, alguns até mesmo desconhecidos para nós neste momento. Fazem parte, no entanto, do mesmo grupo, “grupo carmico”, inclusive, como dizem e comprovam os espiritualistas.

Então este friozinho tão gostoso para que se busque agasalhos ainda bonitos, que usamos duas ou três vezes ao ano, este mesmo friozinho, acompanhado ou não, de algo também frio no nosso mundo interior, será assim tão agradável para outras pessoas? Pessoas que às vezes amamos muito, que vivem conosco na mesma casa, estarão se sentindo bem neste momento?

Eu me lembro quando os filhos eram pequenos, e eu sempre ia vê-los antes de ir para o meu quarto. Era muito importante isto, porque eu sempre precisava cobri-los um pouco melhor, ajeita-los sobre os cobertores quentinhos, lençóis macios e sempre limpos. Isto me trazia uma grande calma, uma ternura maravilhosa, sem tantas preocupações, angustias e medos. O que será deles no futuro? Será que estou vivendo direito este meu tão importante papel? Estou sendo de fato a mãe ideal, que eles precisam, para aprender a viver, para crescer com saúde, equilíbrio emocional e paz interior? As respostas quase não vinham. E as perguntas e inquietações se perdiam na ternura daqueles momentos... Foram breves, passaram depressa demais. E em outros tempos, as respostas que vieram, não foram exatamente como eu as esperava, ou como sonhava.

São estes e outros os recados da alma. Se estivermos preparados para ouvi-los, não conseguiremos fugir de suas mensagens silenciosas, às vezes mais agressivas, trazendo sofrimento e dor. Nada mesmo poderá ser resolvido, se esta alma não conseguir nos trazer seu recado, e conseguir que ele seja entendido. E que o coração se aperte, de alegria ou tristeza, mas vá em busca do que precisa ser feito. Sem desculpas, sem enganos. Nos dias frios principalmente, estamos sendo mais realistas, talvez nos preocupemos mais com outras pessoas, algumas muito amadas, outras nem tanto... esta é a verdade. Outono... Inverno. Tudo há de passar. Prepare seu mundo interior para uma Primavera brilhante, repleta de outros recados, mensagens, intuições da sua alma desperta e sempre confiante na perfeição das leis divinas. Somos responsáveis por toda esta harmonia, por toda esta perfeição. Principalmente, se ela também existe no mais profundo do nosso ser aqui na Terra. Na alma e no coração.

Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook - clique aqui

Você já leu a edição deste mês do Jornal O Legado? Clique aqui para ler

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto de: Juliana Bueno - jornalista e escritora, especialista em temas espiritualistas/comportamentais. Autora dos livros “Dores Ocultas” e “Passageiros da Nave Terra” (Besouro Box) Facebook: Jornalista Juliana Bueno e Juliana Bueno Rodrigues Bio

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo