Corpo e Mente
Hatha Yóga, a ciência da respiração

Hatha Yóga, a ciência da respiração

Hatha Yóga Clássico XXIX

 


No capítulo anterior, abordei um tema delicado e às vezes, até mesmo espinhoso, a questão que envolve a consciência da sociedade sobre mudanças de comportamento, de vícios para hábitos, de atitudes equivocadas para atitudes saudáveis. E principalmente, a respeito do que significa consciência e autoconsciência, conhecimento e autoconhecimento. Para aliviar, o tema deste novo capítulo é muito importante e profundo, é a estrutura do Hatha Yóga que envolve o fundamento máximo deste, qual seja a ciência da respiração.

E no princípio era a natureza

Por muitos milênios, o ser humano viveu junto à natureza. Olhou para o céu, viu a lua e as estrelas, ouviu o cantar dos pássaros e a música poderosa do vento nas florestas. Então, seu coração ainda era tocado por tudo que o cercava, e, ele podia andar livre e despreocupado por entre as florestas verdejantes e os bosques em flores. Então, ele podia subir no alto das montanhas e vislumbrar ao longe, a criação divina em toda a sua majestade. Mas o tempo passou, o céu tornou-se nublado e cinzento, o ar puro foi sendo destruído pela brutal poluição urbana, as águas foram poluídas pelo lixo industrial e doméstico. O verde foi sendo destruído pelo ferro e pelo cimento e o piche bruto. E toda esta destruição, foi sendo causada pelo próprio “ser humano” em busca de felicidade(?) e bem-estar(?). Tudo isto, parte de um ciclo possivelmente de 12.000 anos. Porém, um processo é um processo, uma história é uma história. E esta é a triste “história” da “sociedade moderna”, escudada em pretensões científicas, sem alma e sem espiritualidade, onde só há vencedores - poucos - ou vencidos - muitos - e pseudos heróis de areia louvados por seres amedrontados. Bem, então só nos resta buscarmos soluções pessoais e de transformações interiores, seja para nosso autocrescimento e fortalecimento, seja orgânico, cerebral ou espiritual...

A força da respiração

Dentro do Hatha Yóga Clássico, uma das grandes forças de ajuda real, é a respiração correta, somente pelas narinas, de forma calma, suave e profunda. Tanto a inspiração quanto a expiração. O termo aplicado a esta técnica do Hatha Yóga é Pranayama ou ciência de controle e equilíbrio do alento vital ou prana, contido no ar que respiramos.

Através dos Pranayamas do Hatha Yóga, buscamos esse controle da Energia Vital e sutil, cuja prática afastará muitos obstáculos como, a preguiça, a fraqueza física e cerebral, o entorpecimento do corpo e, eliminará até mesmo algumas moléstias comuns. Todavia, são muito úteis na aquisição do domínio sobre os sentidos, os órgãos e as glândulas. E, o que é mais importante sobre os Tchakras, ou centros de energias sutis, pelos quais a energia flui de um a outro veículo do ser humano, cruzando os nadis ou meridianos.

Tranquilizando e acalmando seu interior

As técnicas respiratórias do Hatha Yóga, servem também para acalmar e tranquilizar o nosso interior. Aqueles que praticam de forma normal e constante, obterão grande controle e poder, tanto sobre o corpo físico, como sobre o cérebro e seu aparato psíquico. Um detalhe importante, é que as pessoas que sofrem emocionalmente, são agitadas, ansiosas ou vivem angustiadas, em poucos dias de práticas, alcançarão resultados curativos notáveis através dos exercícios respiratórios, que serão adequados ao estado de cada um.

Como instrumento sutil de práticas avançadas, os pranayamas tem finalidades muito mais profundas, que - entre outras - é a de trazer tranquilidade aos turbilhões de pensamentos humanos, dando a esse a base necessária para o seu aprimoramento pessoal e para seguir os caminhos do equilíbrio ou da espiritualidade.


Todavia, mais do que achar tudo isso muito bom e bonito, antes de tudo é preciso praticar os pranayamas do Hatha Yóga, portanto, após tomar consciência, a outra etapa é tomar atitude e por mãos à obra. E depois, com o passar do tempo, vivenciar a felicidade plena!!! Pois ela realmente existe e está dentro de cada ser!


Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook - clique aqui

Você já leu a edição deste mês do Jornal O Legado? Clique aqui para ler

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto colaboração de Claudio Duarte - Doutor em Yóga, Delhi/Índia - Fundador da Universidade Aberta de Yóga - Unesco member / PACY member – com participação de Mariana Palandi - (11) 3288-8860 - Outubro 2017

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo