Corpo e Mente
Compreendendo a “bipolaridade”

Compreendendo a “bipolaridade”

(Uma visão psíquica-espiritual)



Entender, e se possível curar aspectos “bipolares” da nossa personalidade é algo atualmente bastante conscientizado, principalmente neste nosso planeta onde conflitos psíquicos-emocionais, contrastes e contradições fazem parte do nosso mundo pessoal. Esta é a fase, longa, secular, em que ainda nos encontramos.

Quando, há alguns anos atrás, precisei tratar de uma estranha e perturbadora “depressão”, conversei com um ótimo médico psiquiatra de São José dos Campos. Fiz uma consulta com ele sobre os meus problemas psíquicos-emocionais, buscando orientação e remédios se necessário, mas o assunto “transtorno bipolar” surgiu, e então ouvi dele:

“Uma grande maioria de pessoas, principalmente artistas, mais sensíveis, que criam, e procuram interpretar a realidade do mundo e da vida, quase sempre apresentam aspectos do transtorno bipolar, que neste caso pode ser chamada de bipolaridade ordinária, ao contrário da outra, essencialmente patológica”.

Aos poucos fui entendendo melhor, percebendo que inclusive no meu caso, como escritora e jornalista (muito sensível e criativa), as palavras deste médico se aplicavam perfeitamente. Entendi também, que alguns meses, antes desta minha “depressão”, passei por uma fase de transtorno bipolar ordinário.

Na minha opinião, depois de ler muitos livros, assistir palestras e cursos sobre o assunto, e principalmente com a minha experiência pessoal, acredito que a bipolaridade quase sempre culmina num estado depressivo, em vários níveis. Existem caminhos para impedir que isto aconteça. O tratamento (desenvolvimento) espiritual é fundamental e precisa ser enfrentado, pelo doente e por seus familiares. Na verdade todos eles vão também evoluir durante esta fase, compreender o que precisa ser compreendido, vencer etapas importantes na busca de aperfeiçoamento interior. De fato, para os familiares destes “doentes” a vida nunca mais será a mesma, a fase é difícil, precisa ser enfrentada, mas caminhos e opções existem. A humildade é fundamental para entender as causas, compreender e tratar os efeitos. O conhecimento metafísico (espiritual) torna-se então fundamental, explicações, estudos e a compreensão religiosa ou não, sobre as “vidas passadas” podem ajudar bastante.

No meu livro “Uma Vida Bipolar” (edições Besouro Box) a história é real, mostrando o sofrimento de uma mãe que tem um filho com este problema. Também neste meu livro, uma entrevista com o medico neurocientista Sergio Felipe de Oliveira, de São Paulo, traz algumas explicações importantes, lembrando aqui, que este médico é espiritualista. Ele desenvolve, na sua clínica, vários tipos de tratamentos espirituais-comportamentais, além de tratamentos científicos, se necessário, apoiados em remédios (houve uma grande evolução neste sentido, embora sempre existam os efeitos colaterais) - Sergio Felipe explica então:

“A Medicina Psiquiátrica ainda não conhece em detalhes a química cerebral do Transtorno Bipolar, deve existir com certeza. Os médicos então, atuam principalmente com a Medicina de resultados. O Transtorno Bipolar, começa a aparecer nos casos de agressividade, aparentemente por motivos fúteis, até insignificantes. Geralmente estas crises são em casa, com a família, mas transbordam para outras situações na vida social, com outras pessoas. Outros sinais aparecem... O tratamento para esta doença precisa ser em direção a uma psicosintese. Ou seja, todas as causas deste comportamento precisam ser desvendadas e tratadas. A família também passa por este tratamento, praticamente a partir da primeira consulta. Todos precisam buscar uma compreensão holística do problema. O doente, quase sempre, está denunciando esta situação. O tratamento espiritual tem uma enorme importância. Uma boa parte do Transtorno Bipolar sofre a influencia do mundo espiritual, oferecendo uma sintonia através das emoções desiquilibradas. Estes doentes precisam então, aprender a dominar os fenômenos mediúnicos.”

O aprendizado é longo, as crises se sucedem... Mas certamente hoje, muito mais do que em outras épocas, em outras fases da Medicina e do Conhecimento Humano, este tipo de desequilíbrio crônico ou agudo, tem caminhos férteis para a busca de cura. A Medicina Espiritual está se tornando compreendida e respeitada no mundo inteiro inclusive por médicos, cientistas e terapeutas. É importante ter o coração e a alma preparados para uma busca sincera, entendendo também alguns aspectos mais intensos e prejudiciais da própria bipolaridade, ainda que não seja patológica.

Aos poucos, a humanidade se prepara para aceitar e desenvolver tratamentos holísticos para todos os tipos de doenças, principalmente doenças agudas ou crônicas do nosso mundo psíquico-emocional, ainda bastante frágil, sofrendo influências de todos os tipos, visíveis e invisíveis. Podemos sim, ajudar nesta caminhada, aprendendo e divulgando o aprendizado conquistado, auxiliando pessoas, familiares ou não, que possam apresentar estes sintomas.


Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook - clique aqui

Você já leu a edição deste mês do Jornal O Legado? Clique aqui para ler



© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2017
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto de Juliana Bueno - jornalista e escritora, especializada em temas espiritualistas/comportamentais. Autora do livro “Uma vida Bipolar” (4ª Edição - Besouro Box) e “Passageiros da Nave Terra” - julianabuenorbio@uol.com.br - Novembro 2017

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
  • Perfil
  • Público alvo
  • Publicidade
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo