Corpo e Mente
O sucesso sem limites III

O sucesso sem limites III

 

Estamos de volta! Espero que a sua curiosidade sobre o nosso personagem esteja aguçada, pois este último capítulo é imperdível. Vamos lá.

Após se apresentar a recepcionista e esta lhe indicar uma poltrona, a fim de que esperasse ser anunciado, nosso “herói” aguardou uns dez minutos, quando foi levado ao gabinete do senhor “J”, que o abraçou efusivamente, parecendo já tê-lo conhecido há muito e dele estar familiarizado.

Claro, “H” era humilde e ainda pouco afeito àquelas efusivas manifestações de solidariedade, principalmente com o seu patrão, que mal via, apesar de ter ouvido falar da sua enorme benevolência para com os que lhe eram leais.

O senhor “J” indicou ao nosso jovem uma cadeira à frente da sua mesa de trabalho e, sem perda de tempo, perguntou:

- Você quer deixar o trabalho do roçado e vir trabalhar na sede da fazenda, mais precisamente no escritório?

“H” não entendeu perfeitamente a pergunta; sua mente um tanto atrofiada e ainda posta nas coisas de somenos, custava a entender a proposta do senhor “J”, que ante a hesitação do empregado, voltou a perguntar:

- Então, você quer vir trabalhar aqui, neste escritório, em vez de na roça?

O nosso amigo acordou como de um pesadelo e sem pestanejar ou raciocinar, respondeu:

- Sim, senhor!

- Muito bem. A partir de amanhã você vai aprender tudo sobre o trabalho de escriturário.#P#

E, chamando a secretária, deu-lhe recomendações acerca do novo funcionário, o que ele deveria fazer, etc, etc, etc.
Beethoven, o genial músico e compositor disse: “O gênio compõe-se de dois por cento de talento e de noventa e oito por cento de aplicação perseverante”.

Através do grande escritor positivista americano W. Clement Stone, conhecemos plenamente Henry J. Kaiser, um dos homens de maior sucesso em todos os tempos. Ele nasceu em 9 de maio de 1882 em Sprout Brook, Nova Yorque, filho de imigrantes alemães.

Sempre foi curioso ... queria aprender. Da mesma forma que Thomas Edison, Andrew Carnegie e outros homens que se fizeram por si mesmo, continuou aprendendo depois de deixar a escola. Aprendeu com a experiência – como vendedor ainda jovem e gerente de vendas e com a história, a literatura, a poesia e os sermões religiosos.

Por exemplo, aos 16 anos ouviu um sermão que o impressionou e que na essência dizia: “Acalente as lembranças benéficas dos sorrisos e alegrias que proporcionou a seus semelhantes e os sorrisos e alegrias que lhe foram proporcionados”. Aos 19 anos, quando de tornou um homem de negócios independente, pendurou na porta de sua loja um cartaz que dizia: “Conheça seus semelhantes com um sorriso”.

Em todos os seus discursos, Henry J. Kaiser rezava uma prece e sempre dizia como uma pessoa poderia se transformar naquilo que desejasse. Dizia:

1 – Conheça a si mesmo e decida o que mais deseja conseguir na vida. Depois, estabeleça seus objetivos e um plano para alcançá-los.

2 – Faça uso dos poderes extraordinários que pode conseguir pela fé em Deus e das forças ocultas do subconsciente e da sua alma.

3 – ame e seja útil às pessoas.

4 – Desenvolva os traços positivos do seu caráter e da sua personalidade.

5 – Trabalhe! Transforme os planos de sua vida em ação e busque o que deseja com todas as forças que existem em você.

Voltemos ao nosso “H”.#P#

Não é difícil compreender como a vida do nosso personagem mudou a partir das novas funções no escritório central da fazenda.

O salário aumentou, o sacrifício físico que era necessário na lida com a enxada passou à tranqüilidade da caneta, calculadora e computador, roupas novas, novos colegas, enfim, todos podem aquilatar a mudança que se operou na vida desse “brasileiro”.

Vamos adiantar o tempo... ou melhor, deixemos os entretantos e vamos aos finalmentes.

Antes, porém, cremos ser de bom alvitre aproveitar o espaço para ilustrar o extraordinário capítulo 13 – versículo 12 de S.Mateus, que diz: “Porque, àquele que tem, se dará, e terá em abundância; mas àquele que não tem, até aquilo que tem lhe será tirado”.

Aos menos avisados e leigos, pode parecer loucura ou erro de tradução essas magníficas palavras, mas podemos lhes afirmar que em absoluto existe qualquer erro na frase, se não, vejamos: “A quem tiver, mais será dado”, porque, conseguindo o que tem, o homem fez do seu espírito um ímã para atrair ainda mais. Por outro lado, “Ao que tem pouco, isso que tem lhe será tirado”, porque é guiado mentalmente em direção errada, visto que impede as avenidas de abastecimento pelas suas idéias acanhadas, pelas dúvidas e medos. Não lhe é próprio, por efeito da condição mental, obter mais e atrair mais.

Se desejamos encontrar a prosperidade, devemos pensar nela; devemos inclinar para ela constantemente o espírito; devemos nos saturar dela, exatamente como um estudante de medicina deve saturar a sua mente com as matérias inerentes ao seu objetivo, deve falar de medicina, tratar com médicos e colegas, viver numa atmosfera própria, tanto quanto possível, a fim de alcançar seu objetivo.
Foi por Deus determinado que tivéssemos em abundância todos os bens terrenos. Nenhum deles nos é vetado senão pela nossa mesquinha atitude mental. A falta de tudo o que o coração humano ambiciona é tão impossível como no mar impossível se torna a um peixe que lhe falte provisão de água e de alimento. – O peixe nada no oceano da provisão como nós nadamos no magno oceano cósmico da abundância que nos envolve. Só o que temos a fazer é abrir o espírito, despertar a fé e a confiança na sua realidade, e nortear o nosso inteligente esforço no sentido de obtermos tudo o que nele há de bom, isto é: tudo o que precisamos e desejamos.#P#

Parece que andamos divagando mais uma vez e esquecemos o nosso personagem, mas não! Vamos encontrá-lo neste momento no Congresso Nacional, exercendo o mandato de Deputado Federal, sendo um dos mais brilhantes e laboriosos parlamentares.
Quem é ele? Infelizmente, não nos foi concedida a autorização para citar o seu nome e o Estado a que pertence.

Muitos podem dizer que está errado esse procedimento, porém compreendemos inteiramente o seu ponto de vista, pois que a humildade de Sua Excelência não permite qualquer tipo de publicidade à sua singela pessoa.
Mas podemos ainda informar a todos que nosso personagem não só conseguiu tudo quanto quis, mas muito mais; elevou-se acima de todos os seus conterrâneos e representa com dignidade e galhardia todos os interesses da sua coletividade, ajudando de várias maneiras todos aqueles que são menos afortunados pelo destino, tendo como lema de vida a máxima de Shakespeare: “Os homens são senhores dos seus próprios destinos. Se não conseguem atingir seus objetivos, a culpa não está nas estrelas e sim nos seus vícios”.

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto de Prof. Carlos Rosa

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo