Corpo e Mente
A Ciência Ayurvédica (parte IX)

A Ciência Ayurvédica (parte IX)



Introdução

No capítulo anterior, introduzimos uma visão sobre o material e o sutil e ainda, sobre o que é vivido e sentido, porém não conhecido. Também iniciamos uma análise mais detalhada sobre os pontos de Marmas, o possível surgimento de bolsões de Marmas na região dos mesmos e seus motivos geradores, além de tratarmos sobre sua complexidade. Também, ampliando esta abordagem, descrevemos as dezoito grandes regiões de concentração de Marmas, identificando-as inclusive com seus nomes em sânscrito e em português. Neste capítulo atual, vamos dar mais alguns detalhes específicos - por exemplo - sobre a base de localização dos Marmas, com seus nomes específicos e como se identificam.

Desenvolvimento

Base de localização dos marmas e nomenclaturas de identificação

a-) Mansa Marmas - mesmo sendo sutis, são identificados na base dos neuro músculos. Seus pontos principais, via de regra, ficam nos neuro músculos, nos revestimentos dos mesmos, nas membranas de bainhas e nas fáscias. São aí que os mesmos se situam.

b-) Sira Marmas - mesmo sendo sutis, são identificados na base dos diferentes canais e também dos vasos ou artérias que fornecem diferentes tipos de energias e de fluídos para os corpos. Por exemplo, no caso dos vasos linfáticos, parte principal dos fluídos em circulação.

c-) Snayu Marmas - mesmo sendo sutis, são identificados na base de diferentes neuro tecidos e às estruturas que compõem os ossos e os neuro músculos. São de cinco tipos diferentes, sendo, aponeurose, esfíncteres, neuro ligamentos, neuro músculos e neuro tendões.

d) Asthi Marmas - mesmo sendo sutis, são identificados na base de cartilagens, dentes, ossos e unhas. E refletem-se nos tecidos mais grossos da estrutura do organismo nestas regiões.

e) Sandhi Marmas - mesmo sendo sutis, são identificados nas regiões sensíveis das juntas e inclusive, podem ser pontos de Marmas grandes e complexos. As juntas, por outro lado, podem ser pré classificadas em parcialmente móveis, móveis, imóveis e ainda estagnadas ou desativadas por desuso ou inércia.

Possíveis ocorrências afetando os marmas e surgimento de bolsões nos Marmas

Como já citamos em capítulos anteriores, os marmas são passíveis de uma série de ocorrências das mais diferentes natureza. Notemos que geralmente, um Marma fica no cruzamento de Nadis ou Srotas - Meridianos - na maior parte das vezes. Muito embora, esta não seja uma regra fixa, pois também há muitos pontos de Marmas que situam-se em locais independentes de tais cruzamentos. Mesmo assim, há uma série de ocorrências, como o afluxo e truncamento de diferentes tipos de energias que podem tanto bloquear um ponto de Marma, fazendo com que naquele local surja um bolsão de energias que se agregam inadequadamente e geram processos dolorosos. Neste caso tais bolsões de energias, são qualificados como bolsões de Marmas, ou seja locais que devem ser devidamente identificados, diagnosticado e tratados por algum tipo de tratamento Ayurvédico. Via de regra é um especialista no assunto que irá desenvolver tal tratamento ou mesmo, orientar os procedimentos necessários para se eliminar tais bolsões.

Os efeitos dos bolsões de Marmas em diferentes regiões

Os efeitos dos bolsões de Marmas em determinada região, irão ser mais ou menos complexos, de acordo com seus tamanhos, localização e estrutura.


Por exemplo, quando surge um bolsão de Marma nas juntas - em Sandhi Marma - será doloroso se movimentar a região e surgira inchaço na mesma e que via de regra, não será identificada a sua origem em tomografias ou ressonâncias. O ideal nestes casos, é a realização de uma termografia feita por um especialista. E após, identificado o problema e sua localização, buscar-se o tratamento adequado para o mesmo.


Outro exemplo, quando surge um bolsão de Marma nos vasos ou nos canais sutis que fornecem fluídos ou energias para os corpos - em Sira Marma - será doloroso se movimentar a região e poderá surgir alterações na mesma e que via de regra, não será identificada a sua origem em tomografias ou ressonâncias. O ideal neste caso, é a realização de uma termografia feita por um especialista. E após, identificado o problema e sua localização, buscar-se o tratamento adequado para o mesmo.


É muito importante as pessoas terem conhecimento sobre o que são os Marmas, a localização dos mesmos, como funcionam normalmente, como podem se alterar a partir de bloqueios locais ou mesmo de outros tipos de ocorrências. Para que assim, identifiquem qualquer alteração inadequada nos mesmos, e como poderão agir com brevidade para eliminar e sanar qualquer problema, evitando dores as vezes mais profundas e até mesmo o surgimento de doenças físicas pela consolidação e materialização de um forte bloqueio em um ou mais pontos de Marmas.

O tamanho dos Nadis ou Srotas e sua classificação

O tamanho dos Nadis é medido em “unidade de dedos” de uma pessoa. Por exemplo, a altura média de uma pessoa, é em torno de 84 vezes a largura dos seus dedos. Na literatura clássica Ayurvédica esta unidade de dedos é chamada “Parimana Anguli”. E via de regra, a unidade de dedos é sempre individual em função das diferenças estruturais de cada pessoa.

Assim os Marmas são classificados da seguinte forma:
a-) uma unidade de meio dedo,
b-) uma unidade de um dedo,
c-) uma unidade de dois dedos,
d) uma unidade de três dedos ou,
e) uma unidade de quatro dedos ou da largura de um pulso,
f) e assim por diante, pois há Nadis dos mais variados tamanhos e comprimentos, indo desde muito pequenos, até extremamente grandes.

Pré conclusão

Pelo que podemos observar na descrição de cada capítulo sobre a Ciência Ayurvédica, notamos toda uma profundidade de conhecimentos sobre a morfologia das pessoas e como estas estruturas funcionam, como são complexas e delicadas. Mais ainda, como o conhecimento das mesmas pode trazer grandes benefícios para a saúde e o bem estar da sociedade. Nos próximos capítulos, estaremos dando continuidade a tal abordagem e aprofundando o detalhamento sobre o tema.

Referências:
Sushruta Samhita e Sharira Sthana

Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook - clique aqui

 

Você já leu a edição deste mês do Jornal O Legado Corpo e Mente? Clique aqui para ler
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Quer ler a edição do mês passado? Clique aqui e leia gratuitamente.

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380

Autoria

Texto colaboração de Claudio Duarte - Doutor em Yóga, Delhi/Índia - Fundador da Universidade Aberta de Yóga - Unesco member / PACY member - (11) 3288-8860 - Setembro 2018

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo