Corpo e Mente
Rapidinhas
NOVO TELEFONE DO JORNAL O LEGADO (11) 4418-6150
NOVO TELEFONE DO JORNAL O LEGADO (11) 4418-6150
NOVO TELEFONE DO JORNAL O LEGADO (11) 4418-6150
NOVO TELEFONE DO JORNAL O LEGADO (11) 4418-6150
A Ciência Ayurvédica - (Parte XI)

A Ciência Ayurvédica - (Parte XI)




Introdução

No capítulo anterior, abordamos sob o ponto de vista da Etiologia e da Semiologia, “uma das tabelas” com alguns dos principais Marmas, contidos em textos clássicos sobre Ayurvéda, os quais, via de regra, declinamos nas referências.

Especificamos etiologicamente, os nomes dos referidos Marmas, a localização dos mesmos, o significado, o número - por local - e o tamanho deles.

Abordamos ainda, os possíveis bloqueios dos Marmas e algumas das terapias de desbloqueio.

Também esclarecemos, que iriamos publicar “novas tabelas” de outros textos clássicos, para aprofundarmos os referenciais de pesquisas e estudos. O que vamos fazer neste capítulo, referenciando os textos clássicos de origem - sempre - nas referências.

Desenvolvimento

Quando nos dedicamos a pesquisar e publicar conteúdos com conhecimentos mais elaborados sobre Ciências, sejam elas quais forem, é sempre um trabalho um tanto quanto exigente. Seja do ponto de vista da pesquisa, seja do ponto de vista da construção de um texto elaborado, seja em relação a como publicar, como apresentar este conjunto de informações aos estudiosos, aos pesquisadores, aos interessados ou aos leigos. Temos que buscar uma fórmula adequada ou equilibrada, principalmente quanto tratamos sobre um conhecimento que é arqui-milenar. E, que em não raras ocasiões, muitas vezes é distorcido no Ocidente. Seja lá por qual motivo for. Daí a difícil opção de apenas apresentarmos conteúdos com origem em textos clássicos específicos do tema. O que torna a busca da mensagem ideal, mais interessante e mais complexa.

Em mais este capítulo, conforme havíamos informado no anterior, vamos apresentar mais uma “tabela de marmas”, esta, mais longa que a anterior, porém, diferentemente daquela, apresentada em estreita conexão ou correlação com regiões eletrobiológicas do corpo. Não que aquelas também não tenha esta conexão, porém, é o modo de apresentação e o número - superior - de Marmas que nesta aqui é maior e diferente. Todavia, é importante esclarecermos que uma não invalida a outra, pelo contrário, se complementam. Esta tabela neste capítulo atual, originada no Sushruta Samhita, enuncia cento e sete Marmas e relaciona os mesmos com o que dentro do Ayurvéda é chamado de cinco princípios orgânicos. Sendo estes (1) asthi ou ossos, (2) mansa ou neuro músculos, (3) sandhi ou neuro articulações, (4) snayu ou neuros ligamentos e (5) sira ou eletro vasos. Importante esclarecer que a saúde dos Marmas que interpenetram essas regiões beneficia as mesmas. Porém, os bloqueios ou problemas com Marmas nessas regiões, por outro lado afetam e prejudicam as mesmas. Já abordamos e tratamos este assunto em capítulos anteriores, porém, do ponto de vista da informação e do conhecimento, via de regra, periodicamente voltamos à abordagem, com outra roupagem para facilitar mais a compreensão e o esclarecimento. Importante frisarmos também, que a conexão sistêmica entre os Marmas e o eletro organismo causa no mesmo o equilíbrio eletroquímico deste. O que se configura como uma boa saúde e um bem estar.

Outra tabela de classificação dos marmas por regiões

As cinco regiões no corpo onde se situam os 107 principais Marmas

As articulações neuro musculares possuem onze Marmas Mansas
Quatro Indra vasti - Quatro Talhri daya - Dois Stanro hita - Um Guda
As veias ou neuro anastomoses possuem quarenta e um Marmas Sira
Dez Matrikas - Quatro Sringa taka - Quatro Urvi - Dois Apa lapa - Dois Apanga - Dois Apas tambha - Dois Lohita ksha - Dois Manya dhamni - Dois Neela dhamni -
Dois Parshva sandhi - Dois Phana - Dois Stan mula - Dois Vri hati - Um Hridayam - Um Nabhi - Um Sthapani
A junção dos neuro ligamentos vitais possuem vinte e sete Marmas Snayu
Quatro Ani - Quatro Kshipra - Quatro Kurchshirah - Quatro Kuruchcha - Dois Ansa - Dois Kaksha dhara - Dois Utkshep - Dois Vidhuram - Dois Vitapam - Um Vasti
A junção dos ossos possuem oito Marmas Asthi
Dois Ansa phalak - Dois Katika tarunam - Dois Nitambthi - Dois Shankhi
As neuro articulações dos ossos possuem vinte Marmas Sandhi
Cinco Siman takas - Dois Avarta - Dois Gulpha - Dois Janu - Dois Krika tika - Dois Kukun daraya - Dois Kurpara - Dois Mani bandha - Um Adhi pati
Ainda de acordo com o Sushruta Samhita, existem onze Marmas em cada perna, onze em cada braço, doze no abdômen e no tórax, quatorze nas costas e, trinta e sete situados na cabeça e no pescoço. Vamos então, localizar os mesmos:
Os onze Marmas de cada perna
Entre o primeiro e o segundo artelho, temos o Kshipra,
No centro da sola do pé, temos o Tahhridaya,
Na face superior do pé, temos o Kuruchcha,
No calcanhar e na borda externa do pé, temos o Kurchshira,
Na parte de trás de ambas as articulações do tornozelo, temos o Gulpha,
No centro da barriga das pernas, temos o Indra vasti,
Na articulação dos joelhos, temos o Janu,
Acima e nas laterais das rótulas dos joelhos, temos o Ani,
No meio das coxas, temos o urvi,
Nas regiões inguinais, temos o Lohita ksha,  
Na raiz da próstata, temos o Vita pam.
Os onze Marmas de cada braço
Entre os polegares e os primeiros dedos, temos o Kshipra,
Na raiz dos polegares, acima de Kshipra, temos o Kuruchcha,
No centro das palmas das mãos, temos o Talhri dayam,
No meio das articulações dos pulsos, nas bases dos polegares e logo acima dos dedos mínimos, temos o Kurchshira,
Nas articulações dos pulsos, temos o Mani bhandha,
No meio dos antebraços, temos o Indra vasti,
No interior das articulações dos cotovelos, temos o Kurpara,
No interior dos braços, logo acima dos cotovelos, temos o Ani,
No meio superior dos braços, temos o Urvi,
Nas dobras axiais, temos o Lohita ksha,
Nas axilas, temos o Kaksha dhara.
Os doze marmas localizados no Abdômen e no tórax
Na ponta do osso caudal, temos o Guda,
Na bexiga, temos o Vastih,
No umbigo, temos o Nabhi,
Abaixo do umbigo, temos (2) o Stan mula,
Acima do umbigo, temos (2) o Stan rohita,
Acima e aos lados das áreas do umbigo (2), temos o Apa lapa,
Entre o umbigo e o esterno, temos (2) o Apas tambha,
No xifóide, temos Hridayam.
Os trinta e sete Marmas localizados no pescoço e na cabeça
Em frente da laringe, temos (2) o Neel dhamni,
Em ambos os lados da tireoide, temos (2) o Manya dhamni,
Nas artérias, em cada lado do pescoço, temos oito Sira matrika,
Abaixo das orelhas, temos (2) Vidhuram,
Ao lado de cada narina, temos (2) Phana,
No canto externo de cada olho, temos (2) Apanga,
No lado externo de cada sobrancelha, temos (2) Avarta,
Nas têmporas, temos (2) Shankhi,
Acima das orelhas, temos (2) Utkshepa,
No entre cenho temos o Sthapni,
Nas articulações dos ossos do crânio, temos (5) Siman takas,
Na base do crânio, temos (2) Krika tikas,
No palato mole, temos (4) Srin gataka,
Na coroa da cabeça, temos o Adhi pati.

Pré conclusão

Pelo exposto acima, podemos observar e concluir que no amplo conjunto de textos clássicos sobre o Ayurvéda, ainda vamos encontrar outras diferentes tabelas sobre a estrutura, a composição, as funções e as localizações dos marmas. Porém, todas se complementam e ampliam nossa visão e compreensão, sobre a profundidade do tema. Mais que isso, nos trazem informações preciosas sobre a Propedêutica e a Terapêutica Ayurvédica, indo mais além, e abordando muitos outros campos referenciais sobre a saúde, sobre o bem estar, sobre o equilíbrio interior e chegando até ao campo da espiritualidade. O que diferencia profundamente a Ciência do Ayurvéda de outras ciências congêneres, que só abordam o corpo, como uma mera estrutura física ou material.

Deixando de lado o fato que o corpo físico é apenas um aspecto de um conjunto que envolve outros corpos chamado sutis. Com todo um conjunto de constructos profundos e complexos que se refletem diretamente na eletro somatologia emocional, nervosa e psicológica do ser. E esta é a visão do Ayurvéda, o ser como um todo muito mais profundo e complexo que se possa imaginar.

Referências: Sushruta samhita; Ashtanga hridaya


Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook - clique aqui

 

Você já leu a edição deste mês do Jornal O Legado Corpo e Mente? Clique aqui para ler
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Quer ler a edição do mês passado? Clique aqui e leia gratuitamente.

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4418-6150

Autoria

Texto colaboração de Claudio Duarte - Vegano, gosta de flores, mantras e de poesias; atende em projetos sociais e ministra aulas gratuitas sobre Hatha Yóga e Raja Yóga sob convite para ONG’s e outras organizações sociais - Novembro 2018

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4411-6380

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo