Corpo e Mente
Rapidinhas
JORNAL EXCELSIOR sucessor do Jornal O Legado (11) 4418-6150
IAOL EDITORA
CORPO E MENTE (11) 4418-6150
JORNAL EXCELSIOR (11) 4418-6150
Hatha Yóga e o preparo para a concentração - Pratyahara

Hatha Yóga e o preparo para a concentração - Pratyahara

Introdução

No capítulo anterior, sob o título de Hatha Yóga, um remédio para a alma, de forma simples e direta, desenvolvemos uma fórmula de práticas para que as pessoas interessadas, pudessem seguir um roteiro diário, ou semanal de exercícios através dos quais pudessem obter mais saúde, mais alegria, mais disposição, renovar suas energias e obter mais equilíbrio e mais felicidade interior. Oferecemos o passo a passo para que todos/as pudessem ser beneficiados a qualquer momento.

Neste capítulo atual, vamos abordar um assunto muito especial e necessário nos dias atuais, o Preparo para a Concentração ou em Sanskrito, Pratyahara. Em outras ocasiões, abordamos extensamente os Pranayamas ou Exercícios Respiratórios, os Assanas ou Exercícios Psicofísicos, os Nidras ou Exercícios de Relaxamento.
A estrutura filosófica do Hatha Yóga, as bases de uma alimentação saudável para melhorar as práticas cotidianas, abordamos ainda exercícios específicos ou especiais para combater tanto doenças eletro somatológicas - emocionais, nervosas e psicológicas - quanto exercícios para combate e eliminação do stress, de insônias, dores de cabeça fortes ou prolongadas. A cada capítulo, procuramos de forma simples e em uma linguagem acessível, traçarmos roteiros de prática, com boa fundamentação teórica, conceitual e metodológica, ir criando um cenário amplo com inúmeras técnicas e exercícios voltados para o bem-estar, a saúde e o equilíbrio interior.

Aqui, vamos dar mais um passo, indo um pouco mais além e abordando o funcionamento do Preparo para a Concentração, Pratyahara e algumas das suas inúmeras técnicas.

O que é o preparo para a concentração ou Pratyahara

Desenvolvimento

Primeiro, é importante lembrarmos que vivemos em uma era chamada Kali Yuga, ou Era de Kali, era de escuridão, de ignorância, de rudeza ou pesada, densa, involutiva ao contrário do que muito se apregoa. As Eras estão estruturadas em quatro Ciclos sendo, Era Dourada, Era Prateada, Era do Bronze e Era do Ferro.
A primeira delas, dura 48 mil anos e é uma era de bem aventurança, paz e espiritualidade profunda, onde reina a harmonia e a felicidade.
A segunda delas, dura 36 mil anos e é uma era de bem aventurança, paz e espiritualidade e reina a harmonia e a felicidade. Mas surgem alguns indícios de que algo estranho está acontecendo no reino da paz.

A terceira delas, dura 24 mil anos e é uma era onde a bem aventurança decai, a paz torna-se restrita e a espiritualidade começa a diminuir. E já não há tanta harmonia e felicidade. Definitivamente os indícios se transformam em fatos concretos sobre um possível desequilíbrio global, seja das pessoas, seja das energias do planeta, seja dos seus elementos.

A quarta delas, dura 12 mil anos e é uma era onde a malícia, a inveja, a peçonha, a maldade, a ambição, a ganância e a falta de espiritualidade, tornam-se muito presentes. A bem aventurança, a paz e a espiritualidade ainda existem, mas precisam ser buscadas e trabalhadas arduamente por quem almeja por elas. Pois isto ainda é possível, embora de forma individual, interior e restrita.

Nesta Era, uma névoa de esquecimento e de total falta de memória toma conta da vida e da alma das pessoas. As mesmas, tornam-se ansiosas, angustiadas, inseguras e presas por um medo desconhecido. Esta é a Era de Kali, atual que encontra-se aproximadamente no seu ano 5.150. Ou seja, a mesma ainda nem atingiu sua metade e, caminha se arrastando para isto, no meio de um denso nevoeiro de fenômenos não auspiciosos. Em grande parte, ligados diretamente às ações do próprio Gênero homem. Mas nem tudo está perdido, pois sempre é possível buscar-se a redenção, a paz e a espiritualidade, ainda que seja no mais íntimo de cada ser.

Há muitos recursos bons e positivos que podem ser utilizados como ferramentas na busca da paz interior, do equilíbrio, da cura, da felicidade e especialmente, da espiritualidade. Mesmo se considerando que na atualidade, se oferecem drogas alucinógenas como recursos ou ferramentas para isto. O que não passa de uma tremenda esperteza e maldade por parte daqueles que oferecem tais drogas nefastas e destrutivas, como se fosse algo bom, algo verdadeiro. Mas tudo tem o seu tempo.

No caso deste capítulo tão específico, a ideia central do mesmo é oferecer uma ferramenta do Hatha Yóga que na realidade foi agregada ao mesmo, há alguns milênios, como elemento avançado, já que o Preparo para a Concentração ou Pratyahara é uma técnica do Raja Yóga. E que o Hatha Yóga pegou a mesma emprestada dos Yóga Sutras de Patanjali, para poder oferecer mais um instrumento avançado mas de uso simples, para os praticantes. Vamos então a algumas técnicas de preparo para a concentração.

O preparo para a concentração ou Pratyahara - algumas técnicas

O preparo para a concentração - Pratyahara - é um processo que pode seguir todo um programa de práticas, embora seja simples de ser realizado. As técnicas ou exercícios são os mais variados possíveis e quando bem dominados, agem como elementos canalizadores não só das nossas energias psíquicas, todavia, também das nossas diferentes energias orgânicas.

Os exercícios podem ser praticados pela manhã, à tarde ou à noite. E não exigem nenhum tipo de instrumento ou acessório especial. Um programa de práticas, pode ser estruturado - por exemplo - em três vezes por semana, em dias intercalados, durante quinze minutos para cada dia. O ideal, dependendo da estação, durante as práticas, é usar roupas confortáveis e leves e em um ambiente, se possível silencioso e com boa circulação de ar.

A pessoa que for praticar, deverá sentar-se em um local confortável, em uma posição confortável.

De que forma a pessoa desenvolverá a sua prática individual?

A pessoa que optar por este tipo de prática deverá buscar alguns objetos pequenos, por exemplo, uma pedra, um pequeno vidro, um pequeno pedaço de madeira, uma caixinha, uma borracha escolar, um apontador de lápis, uma tampa de caneta, um pen drive. Note que há uma riqueza de objetos a serem escolhidos para o desenvolvimento deste tipo de prática.

Todavia - lembre-se - o ideal é sempre objetos pequenos, no máximo do tamanho de uma mão fechada. Nunca maior que isto no início.

Há também a possibilidade concreta, de se utilizar uma fruta para a realização dos exercícios de preparo de concentração. Por exemplo, a fruta que uma pessoa mais gostar no dia-a-dia. Todavia, o ideal é evitar-se uma fruta muito grande, como uma melancia, uma jaca ou um abacaxi.

Após a pessoa sentar-se em um local e em uma postura confortável, a mesma irá tranquilizar-se interiormente por alguns minutos. Deverá manter a coluna ereta e sem tensões e a respiração deverá ser feita devagar, de forma calma e serena, somente pelas narinas, por ambas as narinas. E nunca pela boca.
Irá colocar o objeto ou a fruta escolhida, na altura da sua linha de visão, nem acima e nem abaixo. Pois abaixo gera sono e acima gera dificuldades no início.
Após isto, irá olhar fixamente para tal objeto ou fruta, sem se permitir desviar sua atenção do mesmo/a.

É evidente que no princípio, durante algum tempo, semanas ou até meses, irão surgir pensamentos - normais - sentimentos - normais - emoções - normais - memórias de coisas a fazer, memórias sobre pessoas queridas ou nem tanto, memórias sobre contas a pagar ou contas a receber, coceiras, incômodos, pequenas câimbras, pequenas dores localizadas. Tudo isto é muito normal de acontecer. Basta persistir com serenidade interior, que com o tempo, tudo isto irá desaparecer.

Lembre-se, o foco central da prática é estar sempre com o olhar fixo - preparo para a concentração - naquele objeto ou naquela fruta. Não importa o que acontecer ao redor, sejam ruídos da rua, de veículos, de aviões, de buzinas. Tudo isto é passageiro e indiferente para quem estiver praticando. Só o que importa durante aquele período de prática é sua atenção fixa naquele objeto. Sim, pode ser que a pessoa nos primeiros tempos, se distraia, perca a atenção. Mas a proposta da técnica através dos exercícios é exatamente esta, o resgate da sua atenção e com o tempo, o fortalecimento da sua concentração.

Importante frisar que cada pessoa tem uma Natureza, Personalidade e Comportamento muito peculiar. Então, tanto os resultados de práticas como o comportamento de cada pessoa durante as práticas, é muito diferente. E segue diferentes constructos psíquicos, o que é natural.

Outro ponto importante, pode ser que nos primeiros tempos de práticas do Pratyahara, algumas pessoas tenham sono ou tenham dificuldades. Isto também é normal. Se for o caso, antes de iniciar as práticas, tome um banho morno ou frio dependendo da estação. Mas pode ter certeza que com o passar das semanas e dos meses, a prática irá se aperfeiçoando, ficando mais fácil, mais agradável e daí os resultados começarão a aparecer.

Sobre os resultados das práticas

Imagine uma pessoa que sempre esquece de tudo, seja das chaves, seja de atividades do trabalho profissional, seja de pontos relevantes de uma matéria que está sendo estudada para um teste ou uma prova, seja uma questão em uma entrevista. Ou uma pessoa que esquece pontos relevantes no seu dia-a-dia. Tudo isto é muito delicado e pode até mesmo causar certos constrangimentos. E há muitos outros tipos de esquecimentos que tanto podem prejudicar alguém, seja no plano pessoal, seja no plano profissional, seja no plano relacional.

Agora, imagine que as práticas acima propostas, tem a capacidade de ao longo de poucas semanas ou poucos meses, eliminar todos estes problemas. E trazer uma série de benefícios para a sua vida. Por exemplo, você não ser mais vista como aquela pessoa que esquece de tudo, que erra o trabalho por este motivo. Ou que tem que chamar o chaveiro a cada quinze dias para abrir a porta da sua casa.

Pense sobre uma enfermeira que precisa dar remédios com horários fixos para os pacientes ou um médico, que precisa visitar os pacientes com horários fixos. E que ambos não tem uma boa memória e o que isto pode causar. Imagina um motorista no transito que constantemente esquece de ligar a seta e recebe várias multas por tal razão.

Todavia, pense sobre o contrário. Sobre uma pessoa que começa as práticas do Pratyahara sem grandes pretensões e ao cabo de pouco tempo, tem uma memória excepcional, que lembra de todos os últimos livros que leu, que lembra de cada atividade profissional que tem que realizar no cotidiano, que lembra de dizer uma palavra de carinho e de conforto para as pessoas do seu entorno, que lembra da maior parte dos seus números de contatos telefônicos profissionais, que lembra onde está arquivado cada um dos seus projetos profissionais ou pessoais.

Esta lista acima é interminável, mas estes poucos exemplos reais, podem ser lembrados ou reconhecidos com uma simples leitura deste trecho. Aquela sua amiga ou amigo que marca um horário de compromisso com você, porém, sempre “esquece”, pois tem uma memória muito ruim.
Ou então, estas mesmas pessoas, após desenvolverem as práticas do Preparo para a Concentração, Pratyahara do Hatha Yóga, nunca mais se esquecerão de nada. Ou de quase nada, o que já é muito.

Pré conclusão

Bem, esperamos que este capítulo simples e fácil de ser lido e entendido, por meio dos exercícios propostos, possa trazer os benefícios propostos para aquelas pessoas que ousarem praticar os mesmos. Que ousarem descobrir seus imensos benefícios e as transformações positivas que os mesmos trarão para as suas vidas. Tão fácil, tão simples e tão perto!!!

Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook - clique aqui

Você já leu a edição deste mês do Jornal O Legado Corpo e Mente? Clique aqui para ler
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Quer ler a edição do mês passado? Clique aqui e leia gratuitamente.

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2019
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4418-6150

Autoria

Texto colaboração gratuita de Claudio Duarte - Jornal O Legado - Fevereiro/19

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4418-6150

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo