Corpo e Mente
Rapidinhas
JORNAL EXCELSIOR sucessor do Jornal O Legado (11) 4418-6150
IAOL EDITORA
CORPO E MENTE (11) 4418-6150
JORNAL EXCELSIOR (11) 4418-6150
Ayurvédica - Alguns tipos de tratamentos

Ayurvédica - Alguns tipos de tratamentos

Ciência Ayurvédica XXVI




Introdução

No último capítulo, tratamos sobre o atendimento ayurvédico e suas características gerais, o diagnóstico em alguns dos seus principais aspectos, e como surgem na origem, as principais doenças atuais.

Neste aqui, iremos abordar alguns tipos de tratamentos propostos pela Ciência Ayurvédica. Lembrando que pela antiguidade da mesma e em função dos seus amplos textos clássicos que já citamos em capítulos precedentes, existem também outras formas de tratamentos que dependendo de cada caso poderiam ser aplicadas.

Todavia, optamos por uma via mais simples e direta e cujos efeitos e benefícios, podem ser obtidos com mais facilidade, mesmo que usando o conjunto de técnicas ou algumas delas isoladamente.

 Já que a idéia proposta aqui é a clareza na compreensão do que é proposto e a facilidade na utilização de parte de tais tratamentos.

 E sem a necessidade de adentrarmos em técnicas muito complexas ou de difícil realização, já que exigiriam o concurso de especialistas temáticos em Ayurvéda.


Desenvolvimento

Programa diário de atividades normais

Este programa diário de atividades, pode ser elaborado por um especialista em Ayurvéda que após elaborar um diagnóstico com base na anamnese, tratará com o/a consulente, sobre as diversas possibilidades do mesmo, a necessidade de ser seguido à risca, seu desenvolvimento e evolução e por fim, seus benefícios concretos.

Ele irá abranger um quadro dos diferentes horários do dia, a partir do momento em que uma pessoa acorda e levanta-se até o período da noite, quando ela for se deitar.

Não há segredos neste primeiro programa, porém para que o mesmo traga os resultados propostos, deve ser estritamente observado. E sempre se observando o histórico de vida anterior da pessoa. E mesmo sendo simples, deverá ser seguido à risca.

Por exemplo, estipula-se que a pessoa, irá levantar por volta das sete horas da manhã, tomar seu banho matinal e após, fará o desjejum, que deverá ser composto por sucos naturais, frutas, algumas sementes, pães integrais, patês de berinjelas, de grão de bico ou outro. No lugar dos sucos, no caso do inverno, poderão ser substituídos por chás.

Estipula-se também que a pessoa, irá almoçar entre as doze e as treze horas, sem fugir deste período. Sua alimentação poderá ser composta por arroz integral de diferentes tipos, feijão de diferentes tipos, legumes cozidos ou grelhados, opcionalmente leguminosas cozidas, ou saladas de legumes e de folhas. Podendo também, tal cardápio conter macarrão integral.

No tempero, poderá ser usado azeite virgem ou extravirgem, vinagre balsâmico, vinagre comum ou limão na medida adequada. O almoço, deve ser o momento em que a alimentação será a mais substância e nutritiva possível e em qualidade e quantidade a gosto e que satisfaça plenamente a pessoa. O período de almoço, deve ter um espaço de uma hora, para que o mesmo seja realizado de forma tranquila. Sem agitação e sem utilização de qualquer tipo de aparelho eletrônico à mesa, tipo celular ou notebook. Também sem interrupções anômalas de qualquer natureza. Será o momento de um ritual especial.

À tarde, a pessoa poderá tomar um lanche leve, composto por um sanduíche de verduras e legumes, acompanhado de algum suco natural. Ou então, de um mix de sementes variadas que satisfaça sua necessidade. Porém sem exageros.

À noite, o ideal é não ingerir alimentos sólidos. Podendo de acordo com a estação, ou ingerir frutas, sementes, chás ou então uma sopa que no verão, poderá conter legumes mais leves e no inverno legumes mais fortes, como cará, o inhame, a batata doce, beterraba, cenoura e outros a gosto.

O período de repouso ideal é de no mínimo oito horas por noite. E deverá ser seguido à risca. No caso da necessidade de se fugir a esta regra, o período perdido de sono, deverá ser reposto o mais breve possível e sem nenhum tipo de negligência.

Antes de dormir, se possível, deve-se fazer pelo menos quinze minutos de relaxamento, na cama mesmo. Utilizando-se uma respiração muito clama e tranqüila. Por sinal, tal tipo de respiração, deveria ser extensivo ao período do dia também por completo.

O período de repouso é muito especial para a reposição das energias vitais, perdidas durante um dia de atividade. No verão, utilizar roupas e cobertas leves para dormir. No inverno, utilizar roupas e cobertas adequadas às necessidades do clima e da temperatura local.
Um outro ponto fundamental a ser inserido nesta parte do programa, é a necessidade de um período anual de férias, de no mínimo trinta dias. No caso da impossibilidade de trinta dias corridos, os mesmos poderão ser desdobrados em dois períodos de quinze dias cada.

O ideal, é que em tais períodos, a pessoa faça algum tipo de viagem ou de passeio longo, onde se desligue do ambiente de trabalho e das atividades cotidianas.

No caso da impossibilidade de afastar-se de seu ambiente cotidiano, poderá optar por ir a parques e passar longo tempo nos mesmos, caminhando, fazendo leituras ou contemplando a natureza.

Uma outra questão a ser considerada ainda nesta parte do programa, é a necessidade de caminhadas diárias, por mínimas que sejam, por exemplo de quinze a vinte minutos, caminhadas leves, mas efetivamente necessárias, não importa a hora do dia.

Necessidade de uma dieta diária

Na ciência Ayurvédica, existe um número muito grande de diferentes tipos de dietas que são propostos para cada caso específico ou algumas dietas gerais, como a que indicamos no item acima.

 Já que a mesma não envolve nenhum tipo de dificuldade para a sua efetiva realização, não exige nenhum tipo de alimento de difícil obtenção e não envolve nenhum tipo de contra indicação. Inclusive, podendo ser utilizada em diferentes tipos de necessidades ou circunstâncias.

E claro que a mesma pode ser altamente enriquecida, com a inclusão de diferentes tipos de elementos alimentares, ricos em compostos vitamínicos, sais minerais, fibras, oleaginosos, cálcio, ferro, e outros oligoelementos, como é o caso da alcachofra por exemplo.

Outro fato a ser considerado ainda, é a utilização periódica de alimentos crus. O que dependendo da situação, pode ser indicado pelo especialista em Ayurvéda.

Utilização de ervas medicinais

Na Ciência Ayurvédica é muito comum a utilização dos mais diferentes tipos de ervas medicinais, e das mais diferentes formas. Na forma de comprimidos, de xaropes, de chás, de infusões, de pós, de ungüentos, de cataplasmas, de plasmas, de elixires. De vitamínicos, de anti-inflamatórios, de purgativos, de laxantes, de sedativos, de calmantes, de estimulantes, de tônicos.

O conhecimento das ervas medicinais na Ciência Ayurvédica, data de alguns milhares de anos, então neste longo período, através de pesquisas e de experiências, este conhecimento foi se aprofundando até chegar a um ponto muito especializado.

Há toda uma forma de se plantar as mesmas, de se colher na estação ou no período adequado, de se processar as mesmas para se obter o melhor dos seus efeitos e propriedades.

É importante lembrarmos ainda, que há também a utilização de raízes de diferentes espécies na fabricação dos remédios ayurvédicos, de cascas de diferentes árvores, de flores, de caules e estames entre outros.

Inclusive em um dos próximos capítulos, estaremos detalhando uma longa lista de tais plantas, inclusive com seus nomes populares, seus nomes científicos e outros detalhes importantes.

Alguns tipos de terapias para tratamentos específicos ou gerais

Neste caso também é muito rica a linha de terapias tanto para uso Propedêutico, quanto para uso Terapêutico, que trazem ótimos benefícios e resultados.

Vamos aqui elencar as principais delas:

1-) Shiro Vasti – a técnica é realizada por meio de suaves toques vibratórios na cabeça. Ou por meio de uma espécie de manipulação suave, média ou forte de todo o couro cabeludo, dependendo do caso.
Por meio dos oito dedos das mãos, a partir do indicador, enquanto os polegares, servem de suporte aos movimentos, sendo deslocados com cuidado e delicadeza, para diferentes regiões da cabeça.
Pode ser realizada com a utilização de óleos ayurvédicos especiais, tipo o Brahami-Amla ou outro, ou sem a utilização de óleos.
Para o que serve esta terapia? Por exemplo, para eliminar enxaquecas de qualquer tipo, enjôos, cansaço profundo, irritações, stress agudo ou crônico, ansiedade, angústias, raivas reprimidas, para relaxar profundamente sob qualquer situação.

2-) Abhyanga – a técnica é realizada por meio de diferentes tipos de massagens, com o estímulo dos chamados pontos de Marmas, que são os pontos de cruzamento dos Nadis, Srotas ou meridianos, visando desbloquear possíveis bolsões de diferentes tipos de energias bloqueadas nestas regiões.
O que pode causar diversos tipos de doenças ao longo do tempo, pois tais bolsões de energias, aos poucos vão substancialmente se materializando das mais diferentes formas.
Neste tipo de técnica ou terapia, são utilizados óleos ayurvédicos medicinais, de acordo com as características do problema e da região.

3-) Snehana – a técnica é muito especial e realizada por meio de oleação profunda, de partes ou de todo o corpo, de forma suave, média ou profunda, dependendo da especificidade do tratamento e da aplicação.
Importante esclarecer, que a técnica pode ser realizada só em algumas partes do corpo. Por exemplo, só nas costas, ou só no tórax, ou só na bacia, ou só nos ombros e braços.
Neste tipo de técnica ou terapia, também são utilizados óleos ayurvédicos medicinais, mas independente de características ou de região, já que são aplicados como um todo.

4-) Swedana – a técnica envolve o aquecimento do corpo, por meio de vapor, utilizando-se um equipamento especial de madeira, tipo uma caixa. Para se produzir os vapores, podem-se utilizar diferentes elementos, dependendo do tipo de terapia proposta. Por exemplo, com vapores de ervas medicinais ou de folhas, de flores entre outras. Pode também ser utilizado para se produzir os vapores, sal grosso natural.

5-) Shiro Dara – A técnica envolve a liberação de um fluxo continuo de óleo ayurvédico morno no centro da testa da pessoa, através de um aparelho especial para este fim, que fica suspenso acima da cabeça da mesma.
 E às vezes, dependendo do estado da pessoa durante o tratamento, a mesma dorme de forma leve ou profunda. O que deve ser acompanhado em silêncio e respeitado, aguardando-se que a mesma desperte no seu tempo interior e de uma forma muito tranqüila.
Este procedimento terapêutico, da mesma forma que os outros, em geral, produz um profundo efeito calmante.

6-) Pizzi Tilli – A técnica envolve a aplicação de toques leves, médios ou profundos com pequenos, médios ou grandes artefatos de madeira ou de pedra, elaborados para tal fim, em pontos específicos chamados bolsões de Marmas.
A aplicação dos toques, via de regra, ocorre ou em pequenos, médios ou grandes pontos localizados de bolsões de Marmas – energias difusas acumuladas em locais específicos – e que geralmente, produzem dores e aparentes inchaços das mais diferentes dimensões ou naturezas.
Muitas vezes, pelo tamanho dos seus acúmulos, são visíveis a olhos nus, como se fossem grandes pontos de inchaço, alguns até mesmo com vermelhidão aparente, quando já estão muito avançados.
Quando tocados pelos artefatos, aos poucos vão se desfazendo. Porém, dependendo de sua extensão, dependem de mais sessões.
Pode-se aplicar ou não óleo medicinal ayurvédico no local, antecipadamente.
Outro detalhe importante, é que tais bolsões de Marmas, não aparecem em tomografias ou ressonâncias. Apenas em termografias, por meio de Termógrafo especializado.

7-) Bastis – é um tipo de técnica que é realizado, com a utilização da retenção de óleo ayurvédico específico, por um determinado período, em geral meia hora a até uma hora, em determinadas regiões do corpo da pessoa necessitada.
Por exemplo, na região do coração, Hridi basti. Na região lombar, Kati basti. Na região da cabeça, Shiro basti. Na região dos olhos, Netra basti.

8-) Pancha Karma – é um tipo de técnica ou terapia complexa e realizada para uma desintoxicação profunda do organismo da pessoa. A mesma envolve uma preparação geral, Poorva Karma, que pode ser feita com parte da aplicação das terapias acima expostas.
O Pancha Karma envolve cinco tipos de técnicas sendo; Nasya ou limpeza das vias aéreas, Virechana ou purgação suave, com a utilização de ervas específicas, Vamana, um tipo – quando necessário – de vômito terapêutico para limpeza interna, Basti ou limpeza intestinal suave e Rakta Moksha ou limpeza sanguínea, com a utilização de chás específicos.

Pré conclusão

Neste capítulo, aprofundamos mais alguns detalhes fundamentais da Ciência Ayurvédica, para que pesquisadores/as, estudiosos/as e interessados em geral, possam conhecer e compreender seus tratamentos e benefícios.



Participe do grupo do Jornal Excelsior no Facebook - clique aqui

Você já leu a edição deste mês do Jornal Excelsior? Clique aqui para ler

Quer ler a edição do mês passado? Clique aqui e leia gratuitamente.

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2020
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4418-6150

Autoria

Texto colaboração gratuita de Claudio Duarte - Fevereiro 2020

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4418-6150

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo