Corpo e Mente
Rapidinhas
JORNAL EXCELSIOR sucessor do Jornal O Legado (11) 4418-6150
IAOL EDITORA
CORPO E MENTE (11) 4418-6150
JORNAL EXCELSIOR (11) 4418-6150
Hatha Yóga E Os Corpos Sutis (II)

Hatha Yóga E Os Corpos Sutis (II)

 

Hatha Yóga LXV

 

Introdução

No capítulo precedente a este, fizemos uma longa exposição sobre os corpos sutis, suas estruturas, suas naturezas, e como atuam a partir do mundo sutil para o mundo material.

Também abordamos sobre os benefícios advindos não só do seu conhecimento, mas também sobre a utilização dos mesmos, por meio das práticas do Hatha Yóga.

Citamos ainda vários textos clássicos raros e profundos que abordam e descrevem os mesmos.

Neste capítulo atual, vamos aprofundar um pouco mais o tema, mostrando outros aspectos e outras nomenclaturas previstas naqueles textos clássicos lá referenciados, para um aprofundamento da compreensão sobre os corpos sutis.

Desenvolvimento

Ainda seguindo como referência, aqueles textos clássicos citados no capítulo anterior, em alguns deles vamos encontrar outras duas diferentes formas de classificar os corpos sutis, sendo elas:

a) Karana Sharira ou corpo causal feito de matéria comum. Este é o corpo que todos conhecem até certo ponto, pois há aspectos do mesmo que ainda são pouco conhecidos.

Por exemplo, este corpo comum está intimamente ligado e interage com os corpos sutis, sob todos os aspectos visíveis e invisíveis. Também, junto com aqueles corpos sutis, este corpo acumula as sementes ou resíduos karmicos de outras vidas e as destas também.

Lembrando que tais resíduos karmicos, são os efeitos de todas as ações e reações karmicas que foram realizadas em outras vidas e também nesta, e que não foram desfeitas com o passar do tempo.

Muito embora precisem ser desfeitas para que a pessoa possa obter sua libertação ou iluminação.

E uma das vias para se obter a libertação, são as práticas do Hatha Yóga, desde que bem adequadas à natureza, personalidade e comportamento de cada pessoa.

b) Para Sharira ou corpo causal feito de matéria sutil pura. Este é um corpo que em geral, as pessoas desconhecem. Pois na literatura em geral, há raras referências ao mesmo. Todavia, nos textos clássicos citados no capítulo anterior a este, há todo um forte elenco de informações e detalhes a respeito deste corpo causal de matéria sutil pura. Também, junto com o corpo causal feito de matéria comum, este corpo acumula parte das sementes residuais karmicas de outras vidas e desta também.

Relembrando sempre que tais resíduos karmicos, são os efeitos de todas as ações e reações kermicas que foram realizadas em outras vidas e também nesta, e que não foram desfeitas com o passar do tempo.

Muito embora precisem ser desfeitas para que a pessoa possa obter sua libertação ou iluminação.

E, de novo, uma das melhores e mais precisas vias para se obter a libertação, são as práticas seguras e simples do Hatha Yóga, desde que bem adequadas à natureza, personalidade e comportamento de cada pessoa.

Porém, esta abordagem toda, também envolve uma outra questão profunda, que é o fato de inúmeras pessoas ignorarem a lei fundamental que rege o Karma Yóga. Qual seja, que toda ação gera uma reação ou que toda causa gera um efeito.

Tudo o que uma pessoa faz ou realiza, caso não seja feito com total desapego, ou pelo menos com relativo desapego pelos frutos de tal ação, irá gerar uma reação.

E tal reação, poderá ser das mais diferentes naturezas. Por exemplo, poderá ser uma reação boa, uma reação não tão boa, uma reação ruim, ou mesmo 8uma reação desagradável ou incomoda.

Todavia, a partir do momento que qualquer pessoa, recebendo este conhecimento aci9ma citado e passando a atuar em consonância com o mesmo, poderá aperfeiçoar sua vida e ter sempre resultados bons ou positivos na mesma.

Isto, claro, em relação aos atos que cometeu tanto sobre terceiros quanto aos atos que por ventura, cometeu sobre si mesma.

Ainda sobre corpos sutis

No capítulo anterior citamos o texto clássico Siddha Siddhanta Paddhati e o mesmo, no seu capítulo primeiro, aborda de forma geral, que os corpos sutis podem ser de seis diferentes espécies.

Sem especificar todas, ele menciona uma espécie de primeiro corpo, dando ao mesmo o nome de (i) corpo primordial ou Adya Pinda.

Que de acordo com tal texto clássico, é o corpo que da origem a todos os outros, com seus diferentes desdobramentos e diferentes características e funções.

E em seguida, ele menciona uma espécie de segundo corpo, dando ao mesmo o nome de (ii) corpo embriônico ou Garbha Pinda.

Que de acordo com tal texto clássico, é o corpo material que é gestado e gerado no útero da mão e que já tem conexão direta com os chamados corpos sutis, nas suas mais distintas espécies e funções de manutenção da vida e da existência.

Este mesmo texto clássico menciona também em seus diversos capítulos, a existência de uma forma de Energia Divina ou primordial, chamada Shakti Devi que é a energia que impregna e da vida a tudo o que existe no universo, inclusive a vida das pessoas.

Tal Shakti Devi também atua diretamente com o Prana ou energia sutil contida no ar que se respira e que é considerado o Alento Vital que sustenta tanto o Universo, junto com Akasha ou o Éter primordial, junto com a Água Cósmica ou Ady Jala, da mesam forma que sustenta outras formas de vida, por exemplo, a flora e a fauna na sua total existência ao longo do tempo, espaço e causalidade.

Pré conclusão

Todavia, estes são ensinamentos e conhecimentos pouco divulgados e conseqüentemente, pouco conhecidos e menos ainda utilizados nos meios da sociedade contemporânea.

E este desconhecimento profundo torna-se um fator limitante dos inúmeros benefícios que a sociedade poderia auferir caso pudesse lançar mãos dos mesmos.

Mais ainda, se esta mesma sociedade tivesse conhecimento e consciência sobre o quanto as práticas genuínas e moderadas do Hatha Yóga podem lhe gerar todos os benefícios relativos a estes corpos, tanto material quanto sutis, ainda que sem os devidos conhecimentos necessários sobre os mesmos.

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2020
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4418-6150

Autoria

Texto colaboração de: Claudio Duarte - Outubro 2020

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4418-6150

Formulário de contato

Marketing
Corpo e Mente
  • Promovendo o
  • bem estar
  • para todos
Informativo